Emissão de ordem de serviço através da Sinfra permitirá reforma da AACC

Até o dia 30 deste mês, a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) deverá emitir a ordem de serviço para o início imediato da obra de reforma da Associação dos Amigos das Crianças com Câncer de Mato Grosso (AACC-MT), situada na rua Caju, no bairro Alvorada, em Cuiabá. O processo licitatório para a obra foi …

24/08/2010 12:56



Até o dia 30 deste mês, a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) deverá emitir a ordem de serviço para o início imediato da obra de reforma da Associação dos Amigos das Crianças com Câncer de Mato Grosso (AACC-MT), situada na rua Caju, no bairro Alvorada, em Cuiabá.

O processo licitatório para a obra foi encerrado no dia 05 deste mês, com a realização da tomada de preço para a escolha da empresa que ficaria responsável pela execução da reforma da entidade. O resultado que apontou a empresa Arueira Construções como vencedora foi divulgado no Diário Oficial do Estado e nos jornais de grande circulação nos dias 12 e 13 de agosto, respectivamente.

Além da reforma total da cobertura predial, da cozinha e das instalações elétricas, a obra contemplará pintura interna e externa, e implantação de forro de PVC nos ambientes. Tudo isso numa área de 652,46 m² que compreende área administrativa, de lazer, refeitório e 12 quartos, com capacidade para 24 leitos. Para a realização desses trabalhos serão investidos recursos da ordem de R$ 200 mil, provenientes do Estado, por meio do Fundo de Desenvolvimento Estrutural e Social de Mato Grosso (Fundesmat).

Segundo a presidente da AACC-MT, Tellen Costa, a obra irá propiciar um melhor atendimento psicosocial e pedagógico a aproximadamente 160 pessoas atendidas pela entidade, entre pacientes e familiares. “Essas reformas vão atender nossos anseios, especialmente a que será feita na cobertura do prédio. Nós sofríamos muito com cada chuva que caía na cidade, devido às goteiras que estragavam grande parte da mobília. Chegamos a gastar milhares de reais com pequenas reformas, mas o problema era estrutural e não tínhamos condições de fazer esse tipo de melhoria”, pontua.

Conforme Tellen, a conclusão desses serviços contribuirá diretamente no processo de recuperação das crianças atendidas pela AACC, cerca de 80 por mês. “Por elas (crianças) lidarem com uma doença que requer o máximo de higiene possível, as melhorias que serão implantadas a partir dessa reforma vão ajudar bastante no processo de recuperação delas”.