Dilma defende reeleição de Silval e elogia Mato Grosso

A candidata à Presidência da República pelo PT, reafirmou na quarta-feira (25) seu apoio ao projeto de reeleição do governador Silval Barbosa (PMDB) e disse que, eleita sucessora do presidente Lula, dará atenção especial a Mato Grosso, no que diz respeito aos investimentos. “Mato Grosso é um Estado abençoado, com clima maravilhoso, com homens e …

26/08/2010 10:41



A candidata à Presidência da República pelo PT, reafirmou na quarta-feira (25) seu apoio ao projeto de reeleição do governador Silval Barbosa (PMDB) e disse que, eleita sucessora do presidente Lula, dará atenção especial a Mato Grosso, no que diz respeito aos investimentos.

“Mato Grosso é um Estado abençoado, com clima maravilhoso, com homens e mulheres trabalhadores. Aqui é um lugar especial, pois produzimos aquilo que nenhum de nós podemos ficar sem, que é alimento. Por isso, vou trabalhar com meus parceiros Silval, Maggi e Abicalil, para que Mato Grosso tenha cada vez mais infraestrutura para escoamento da produção”, afirmou. Para a presidenciável, Mato Grosso é “o celeiro do país e do mundo”.

Em visita a Cuiabá, para participar de um ato de apoio à reeleição de Silval e dos candidatos ao Senado Blairo Maggi (PR) e Carlos Abicalil (PT), a petista destacou que muitos questionaram sua vinda ao Estado, em função da baixa densidade demográfica.

“Mas, fiz questão de participar do evento por entender que Mato Grosso é muito importante para o Brasil”, disse.

Em seu discurso, Dilma elogiou o ex-governador Blairo Maggi pelo trabalho desenvolvido no Estado e deu um testemunho sobre a “garra” de Silval à frente do Governo, buscando em Brasília obras para o povo mato-grossense.

Parceiros

“Temos aqui um homem [Blairo] capaz, competente que foi parceiro do Governo Lula, inclusive, dando sua contribuição. Junto com ele no Senado e com Silval no Governo, vamos trabalhar para que Mato Grosso seja cada vez mais uma potência de desenvolvimento. Vou dar aqui meu testemunho sobre a capacidade de seu trabalho, da briga para trazer os programas e obras para o Estado”, afirmou Dilma.

A presidenciável do PT fez um alerta aos eleitores para que “desconfiem” dos candidatos que muito prometem, pois, “no final, nada cumprem”.

“Temos que ficar atentos àqueles que falam e fazem, pois alguns candidatos prometem mundos e fundos. Criticavam o Bolsa Família, chamavam até de Bolsa Esmola, e, na atual campanha, falam que vão dobrar o número de beneficiados do programa. Mas, não acreditem. Nosso Brasil mudou e hoje a população anda de cabeça erguida, tem respeito dos outros países”, disse.

Além disso, a petista afirmou que irá governar para o povo brasileiro e não só para uma minoria. Disse que seu consolo, na saída presidente de Lula, será o fato de ser a primeira mulher presidente da história do país.

“Minha maior tristeza será ver o presidente Lula descendo a rampa do Palácio do Planalto, no dia 31 de dezembro, me passando a grande responsabilidade de cuidar do povo que ele ama. E meu consolo será ter sido eleita a primeira mulher presidente desse país”, afirmou Dilma.

Continuidade

Em seu discurso, Blairo Maggi destacou que Mato Grosso e o Brasil estão no caminho certo e que precisam continuar neste caminho, avançando em infraestrutura e nos demais setores.

Por outro lado, Silval assinalou a busca de apoio a Dilma em todo o Estado, garantindo que sua eleição fará um Mato Grosso cada vez mais forte.