Maggi articula vinda de Lula

Candidato a senador, o ex-governador Blairo Maggi (PR) afirmou ontem que o encontro com o candidato a vice-presidente da chapa encabeçada por Dilma Rousseff (PT), Michel Temer (PMDB), reforçou a vinda do presidente Lula (PT) a Mato Grosso durante o período eleitoral. Ele deve reforçar o palanque da coligação “Mato Grosso em Primeiro Lugar”, encabeçada …

01/09/2010 10:40



Candidato a senador, o ex-governador Blairo Maggi (PR) afirmou ontem que o encontro com o candidato a vice-presidente da chapa encabeçada por Dilma Rousseff (PT), Michel Temer (PMDB), reforçou a vinda do presidente Lula (PT) a Mato Grosso durante o período eleitoral. Ele deve reforçar o palanque da coligação “Mato Grosso em Primeiro Lugar”, encabeçada pelo governador Silval Barbosa (PMDB).

Temer, que veio a Cuiabá na data da convenção que oficializou a candidatura à reeleição de Silval Barbosa, voltará ao Estado para fazer campanha para o companheiro de partido. Segundo Blairo, a data ainda não foi confirmada.

O candidato à Vice-presidência, de acordo com o ex-governador, ficou encarregado de reforçar o convite a Lula. Uma nova agenda com a presidenciável Dilma Rousseff também não está descartada.

A presença de políticos ligados ao presidente campeão de popularidade tem aumentado a atuação do governador Silval nas pesquisas de intenção de voto. A estratégia da coligação tem sido massificar a ligação do grupo com o governo federal, numa tentativa de liquidar a eleição ao governo no primeiro turno e consolidar os demais candidatos na disputa.

Para Blairo, os números das pesquisas são animadores. Contudo, o republicano pondera que ainda faltam 30 dias para que os eleitores confirmem o voto nas urnas. As consultas eleitorais mostram o ex-governador com um desempenho que supera com farta vantagem todos os demais candidatos. “Não podemos descansar, porque ainda tem muito tempo pela frente. As pesquisas servem como um gás para continuarmos trabalhando”, disse Maggi.