Mauro reitera denúncia e Silval o processa por calúnia

O candidato a governador pelo PSB, Mauro Mendes, reforçou hoje as denúncias de possível utilização da máquina pública pelo governador e candidato Silval Barbosa (PR) para suposta cooptação de prefeitos. Ele disse que encaminhou denúncia ao Ministério Público Estadual (MPE) e à Polícia Federal. “Escutei muitos relatos de prefeitos, nas minhas andanças pelo interior. Eles …

01/09/2010 19:18



O candidato a governador pelo PSB, Mauro Mendes, reforçou hoje as denúncias de possível utilização da máquina pública pelo governador e candidato Silval Barbosa (PR) para suposta cooptação de prefeitos. Ele disse que encaminhou denúncia ao Ministério Público Estadual (MPE) e à Polícia Federal.

“Escutei muitos relatos de prefeitos, nas minhas andanças pelo interior. Eles afirmaram que houve promessas de receber 30 mil litros óleo diesel e pavimentação, vantagens em troca do apoio”, declarou Mendes.

O socialista disse que pediu para sua assessoria jurídica, coordenada pelo advogado Paulo Taques, que formulasse a denúncia. “Espero que a Polícia faça o seu papel, pois ouvi de vários relatos pessoalmente”, disse.

Mauro afirmou que não possui uma “prova mais consistente”, e nem acredita que os prefeitos confirmem oficialmente os relatos.

Silval aciona por calúnia

A assessoria jurídica de Silval Barbosa irá acionar judicialmente Mauro Mendes, em virtude de acusações. Uma ação penal por calúnia e outra de indenização por danos morais serão ajuizadas nesta quinta-feira (2) contra o candidato do PSB.

A assessoria afirmou que todas as manifestações de apoio que o governador recebeu até momento foram “espontâneas, e refletem o reconhecimento de prefeitos e lideranças políticas de várias siglas partidárias pela gestão comprometida com o trabalho e pelos serviços prestados”.

Silval recebeu, na semana passada, o apoio dos prefeitos do PPS Filemon Limoeiro (São Félix do Araguaia), Gaspar Lazari (Confresa) e Lourival Araújo (Canabrava do Norte). O PPS, oficialmente, apóia a candidatura de Mendes.