Wilson tenta minimizar rejeição

O candidato ao governo estadual Wilson Santos (PSDB) realizou um arrastão ontem no CPA I, Cuiabá. Com uma ampla mobilização de simpatizantes e cabos eleitorais, Wilson caminhou pelo bairro cumprimentando os eleitores e afirmou que o índice de rejeição apresentado nas pesquisas eleitorais não é real, e que tem sentido boa recepção nas ruas. Muito …

10/09/2010 10:00



O candidato ao governo estadual Wilson Santos (PSDB) realizou um arrastão ontem no CPA I, Cuiabá. Com uma ampla mobilização de simpatizantes e cabos eleitorais, Wilson caminhou pelo bairro cumprimentando os eleitores e afirmou que o índice de rejeição apresentado nas pesquisas eleitorais não é real, e que tem sentido boa recepção nas ruas.

Muito confiante, com passos rápidos, Wilson percorreu as ruas do CPA I acompanhado por grande militância munida de bandeiras e carros de som. Ele entregava santinhos nas mãos dos moradores e comerciantes, sendo sempre bem recebido.

Por coincidência, o governador Silval Barbosa (PMDB), candidato à reeleição, também tinha marcado um arrastão no CPA I ontem, só que um pouco mais tarde. Entretanto, a militância e cabos eleitorais de Silval já estavam a postos.

A comitiva de Wilson passou no meio da comitiva de Silval, que até  então não tinha chegado ao local. O encontro foi pacífico, sem qualquer ofensa entre os concorrentes. Wilson, muito espirituoso, até cumprimentou algumas pessoas que trabalhavam para o governador e obteve receptividade.

A reprodução do trio elétrico do tucano que animava a militância reproduzia “Wilson tem história, CPA tem memória”, afirmando que Wilson sempre olhou pela região. “É a grande virada de Wilson Santos, na hora que ele vem para a rua o outro lado sente o desespero”, dizia o locutor do som, animando a militância.

Ex-prefeito de Cuiabá, Wilson é o candidato que tem maior índice de rejeição entre os quatros concorrentes, justamente na capital, conforme pesquisas de intenções de votos divulgados nas últimas duas semanas. Para reverter o quadro e chegar ao segundo turno Wilson vai intensificar a campanha na Baixada Cuiabana e também conta com os três debates televisivos marcados para ganhar pontos. Como vantagem, Wilson cita que tem uma boa biografia, como vereador, deputado estadual, deputado federal e prefeito.

O tucano também afirmou que pretende continuar com uma campanha propositiva no horário eleitoral gratuito. O programa eleitoral tem mostrado não só os planos e propostas, mas também aponta as falhas do governo, em especial saúde e segurança, áreas mais delicadas da atual gestão.

Na última pesquisa Ibope o candidato caiu para a terceira colocação na intenção de votos, atrás de Silval, que está em primeiro, e do empresário Mauro Mendes (PSB), que o ultrapassou e agora figura em segundo lugar nas intenções de votos.