Meninas do Mixto encaram o Pinheirense

Mixto e Pinheirense do Pará se enfrentam a partir das 19 horas deste sábado, no Dutrinha, em confronto válido pela partida de ida da Segunda Fase da Copa do Brasil de Futebol Feminino. O representante cuiabano está confiante e motivado para construir uma boa vantagem no confronto desta noite. O comandante técnico alvinegro, Celso Nunes, …

11/09/2010 09:21



Mixto e Pinheirense do Pará se enfrentam a partir das 19 horas deste sábado, no Dutrinha, em confronto válido pela partida de ida da Segunda Fase da Copa do Brasil de Futebol Feminino. O representante cuiabano está confiante e motivado para construir uma boa vantagem no confronto desta noite. O comandante técnico alvinegro, Celso Nunes, mesmo ausente desde quarta-feira, se diz confiante por conhecer muito bem suas comandadas. “Apesar da falta de estrutura, as meninas estão preparadas para enfrentar a equipe do Pinheirense em igualdade”, frisou.

Celso Nunes disse desconhecer a equipe adversária, argumentando que é um fator que não o preocupa. Ele lembrou que no ano passado enfrentou o time do Santos, com Marta e companhia, base da seleção brasileira. “Nosso objetivo é avançar na competição e não podemos ficar escolhendo adversária. Vamos encarar com respeito e determinação em busca da vitória”, falou. O treinador não pretende mexer no time que goleou o Genus de Rondônia por 3 a 0 na última segunda-feira, resultado que garantiu a classificação com tranqüilidade à próxima fase do torneio nacional.

A capitã do time e uma das principais jogadoras do Mixto, a meia Gisa, que marcou um golaço de falta na segunda, disse que é preciso jogar com seriedade essa partida aqui em casa e fazer valer o dever de casa e conquistar o resultado bastante positivo. “Temos que entrar em campo determinadas a vencer e bem, quer dizer, fazer pelo menos uns dois ou três gols para viajarmos com tranqüilidade na partida de volta”, falou.

Outra que também demonstra tranqüilidade é a goleira Aline, bastante exigida na partida de segunda diante da Genus de Rondônia. “Nosso time está bastante entrosado e acredito que contra o Pinheirense não será diferente. É jogar com vontade e saber o memento certo de atacar”, falou. Já a pequenina Bárbara, arma secreta do treinador Celso Nunes, que vai permanecer no banco, se diz feliz e respeita a decisão do treinador de a manter no banco. “Eu entro no jogo descansada e levo vantagem sobre minhas adversárias que estão cansado e espero tirar proveito disse e ajudar o Mixto a vencer”, falou.

As bilheterias do Dutrinha estarão abertas a partir das 16 horas com ingresso ao preço de 10 reais inteira e de 5 reais meia. O árbitro da partida será Manoel Paixão dos Santos, de Mato Grosso do Sul auxiliados pelas mato-grossenses Caroline Almeida Pereira de Sena e Eliane Cristina Alves.