Semana de Arte e Cultura será aberta hoje na UFMT

  A mostra do artesanato mato-grossense “Artes Natas” será aberta nesta quinta-feira, às 17h30, no Museu de Arte e de Cultura Popular (MACP). O museu fica no Centro Cultural da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). A mostra faz parte da programação da 2ª Semana de Arte e Cultura da UFMT e permanecerá aberta à …

30/09/2010 14:46



 
A mostra do artesanato mato-grossense “Artes Natas” será aberta nesta quinta-feira, às 17h30, no Museu de Arte e de Cultura Popular (MACP). O museu fica no Centro Cultural da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). A mostra faz parte da programação da 2ª Semana de Arte e Cultura da UFMT e permanecerá aberta à visitação até o dia 30 de outubro, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30, de segunda a sexta-feira.

Serão apresentados artesanatos em cerâmica produzidos no bairro São Gonçalo Beira Rio, redes típicas várzea-grandenses e violas-de-cocho. Escavações arqueológicas na região de São Gonçalo revelaram peças de cerâmica com tipologias similares às produzidas ainda hoje pelos habitantes locais, demonstrando sua origem muito antiga. As artesãs de São Gonçalo produzem peças utilitárias e decorativas.

As redes de dormir de Limpo Grande, bairro de Várzea Grande, são datadas do inicio do século XIX. Conforme o algodão local foi-se tornando escasso, foi substituído por fio industrializado, o que tornou o produto mais caro. As peças de tecelagem têm bordados de animais pantaneiros, tuiuiús, tucanos e papagaios. A venda de redes é a principal fonte de renda da localidade.

A viola-de-cocho é um símbolo mato-grossense. A palavra cocho designa uma tora de madeira escavada, a partir de um tronco de madeira inteiriço formando assim uma caixa de ressonância. Esse instrumento musical embala as danças típicas siriri e cururu.

Outras informações pelo telefone 3615-8355.