FHC rebate críticas sobre privatizações e chama Lula para conversa

Em sua primeira participação efetiva em favor da campanha de José Serra (PSDB), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) rebateu na quinta-feira (14) críticas da campanha da petista Dilma Rousseff sobre o período em que governou o país. FHC participou de evento organizado pelo PSDB em São Paulo, mas que não contou com a participação …

15/10/2010 11:10



Em sua primeira participação efetiva em favor da campanha de José Serra (PSDB), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) rebateu na quinta-feira (14) críticas da campanha da petista Dilma Rousseff sobre o período em que governou o país.

FHC participou de evento organizado pelo PSDB em São Paulo, mas que não contou com a participação do candidato, em campanha em Belo Horizonte nesta quinta.

Dizendo que não iria mais ficar calado, o ex-presidente negou que tivesse intenção de privatizar a Petrobras nos seus oito anos de governo e disse que sua gestão fortaleceu a estatal.

– Não vendemos Petrobras nenhuma, fortalecemos a Petrobras e tiramos a politicagem. […] E agora vem falar que eu queria privatizar a Petrobras, quem é esse [José Sérgio ]Gabrielli [presidente da estatal] para falar isso?

O ex-presidente também afirmou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi “mesquinho” por não reconhecer que a herança deixada por seu governo foi boa. Ele também reconheceu avanços na gestão do petista dizendo que Lula fez “muita coisa boa”.

Em tom de desafio, FHC chamou Lula para tomar uma conversa cara a cara após o mandato, quando, nas palavras do ex-presidente, o petista “colocar o pijama”.

– Presidente Lula, quando você puser o pijama, vamos conversar cara a cara, venha ao meu instituto. […] Vou dizer a ele: você fez muita coisa boa, mas não precisava ser tão mesquinho, rapaz.