Silval vai discutir a nova composição de seu staff

O governador Silval Barbosa (PMDB) vai se reunir, na próxima semana, com líderes dos partidos que fazem parte do arco de aliança, para discutir a nova composição de seu staff. Segundo ele, é o primeiro passo no sentido de respeitar o compromisso que assumiu com as siglas na campanha eleitoral. O peemedebista foi reeleito com …

28/10/2010 15:40



O governador Silval Barbosa (PMDB) vai se reunir, na próxima semana, com líderes dos partidos que fazem parte do arco de aliança, para discutir a nova composição de seu staff. Segundo ele, é o primeiro passo no sentido de respeitar o compromisso que assumiu com as siglas na campanha eleitoral.

O peemedebista foi reeleito com apoio de 11 partidos, dentre eles, PMDB, PR, PT e PP.

“Temos um arco muito consistente, fiz um compromisso e sempre disse que quem ajuda a ganhar ajuda a governar. Logo após o segundo turno da eleição presidencial, vou sentar com os partidos para fazer o desenho do Governo. No dia 1º de janeiro de 2011, quero estar empossando todos os secretários. Todo Governo se renova, mas garanto que vai ser uma transição sem trauma”, afirmou Silval, em entrevista ao programa “Cidade Independente”, da Rádio Cidade.

De acordo com o governador, será uma reunião suprapartidária, onde serão definidos os espaços no Governo, cabendo aos partidos a indicação de nomes que tenham perfil e capacidade técnica para assumir cargos.

Questionado sobre a nomeação de algum deputado, o governador não descartou a possibilidade, no entanto, afirmou que ainda não discutiu esse assunto.

De acordo com o peemedebista, os nomes definidos até momento são: da primeira-dama, Roseli Barbosa, que permanecerá no comando da Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social (Setecs) e do jornalista Osmar Carvalho, que retoma o comando da Secretaria de Comunicação Social.

Nomenclatura

Quanto às transformações nas secretarias, há muitas especulações, mas Silval confirmou a criação da Secretaria das Cidades, que será concebida a partir da fusão de Assuntos Estratégicos com o Programa MT Regional, por estar prevista em seu Plano de Governo.

A Secretaria de Infraestrutura (Sinfra) deverá ser transformada em Transportes, que cuidará, exclusivamente, de rodovias. Outras mudanças deverão acontecer na Secretaria de Justiça e Segurança Pública e na Secretaria de Desenvolvimento Rural (Seder), que, possivelmente, serão desmembradas.

Além disso, deverá ser criada a Controladoria Geral de Governo que englobará a Auditoria Geral do Estado; o Controle Interno e um órgão específico para acompanhar as receitas e despesas do Poder Executivo.

Indicações de Maggi

Nos bastidores, a informação é de que o ex-governador Blairo Maggi (PR), eleito senador no último dia 3, tenha pedido a Silval que mantenha no Governo ex-chefe da Casa Civil, major PM Eumar Novacki, e o secretário de Meio Ambiente, coronel Alexander Maia.

O governador negou que tenha recebido qualquer solicitação por parte de Maggi e que caberá a ele definir quem continuará ou não no staff.