Jornalista Clóvis Roberto morre de câncer no pulmão

Faleceu o jornalista Clóvis Roberto, apresentador do programa “Cadeia Neles”, da TV Record (Gazeta). Ele tinha 63 anos e estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no hospital São Mateus. Ele morreu vítima de complicações por causa de um câncer no pulmão. Segundo familiares, o velório será realizado, hoje à noite, na Capela …

04/11/2010 09:33




Faleceu o jornalista Clóvis Roberto, apresentador do programa “Cadeia Neles”, da TV Record (Gazeta). Ele tinha 63 anos e estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no hospital São Mateus.

Ele morreu vítima de complicações por causa de um câncer no pulmão. Segundo familiares, o velório será realizado, hoje à noite, na Capela Jardins, em frente ao Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá, na Rua General Valle. O horário e o local do enterro não foram definidos.

Emocionado, o jornalista e vereador Toninho Souza (PDT), que apresenta atualmente o Cadeia Neles, anunciou ao vivo a morte e fez uma homenagem ao amigo.

O velório do jornalista será realizado a partir das 21 horas, na Capela Jardins, próximo ao Pronto Socorro de Cuiabá.

História

Clóvis Roberto era apresentador do programa policial Cadeia Neles há 14 anos e também tinha um programa diário na Rádio CBN Cuiabá, emissora do Grupo Gazeta de Comunicação.

Nascido em Araçatuba – São Paulo, Clóvis foi foi radialista durante muito tempo em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá), antes de vir para Cuiabá.

Em setembro de 2009, ele começou tratamento contra o câncer e só voltou a apresentar seu programa em maio deste ano, oito meses depois. Ainda lutando contra a doença e sem estar 100% recuperado, o apresentador continuou o Cadeia Neles, voltando a se afastar na semana passada. Ele se submeteu a sessões de radioterapia, o que o deixou debilitado.

Além de jornalista, Clóvis concorreu em 2002 ao cargo de deputado estadual pelo PSDB. Obteve 14.324 votos, ficando na suplência e assumindo a cadeira na Assembleia Legislativa por quatro meses.

Depois da sigla tucana, o apresentador foi para o PPS, que, na época, tinha o ex-governador Blairo Maggi como principal referência. Apesar disso e da mudança de Maggi para o PR, Clóvis acabou voltando para o PSDB.

Nas eleições deste ano, o partido chegou a listá-lo como possível candidato a deputado estadual. Porém, o apresentador optou por ficar fora da disputa.