Após viagem e descanso, Dilma começa a definir equipe

Eleita presidente no final de outubro, Dilma Rousseff (PT) começa nesta terça-feira (16), enfim, a tratar de como será o seu futuro governo. Após a maratona da campanha eleitoral, Dilma descansou três dias no litoral da Bahia antes de realizar sua primeira viagem internacional como presidente eleita, quando acompanhou o presidente Luiz Inácio Lula da …

16/11/2010 12:42



Eleita presidente no final de outubro, Dilma Rousseff (PT) começa nesta terça-feira (16), enfim, a tratar de como será o seu futuro governo. Após a maratona da campanha eleitoral, Dilma descansou três dias no litoral da Bahia antes de realizar sua primeira viagem internacional como presidente eleita, quando acompanhou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na reunião do G-20, na Coreia do Sul.

Agora, quando efetivamente começará a trabalhar com a equipe de transição e dar expediente no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil) – local que abrigará a equipe -, a escolha dos nomes que vão compor o grupo será a primeira tarefa.

Ao longo da semana passada, o presidente do PT e um dos coordenadores da transição, José Eduardo Dutra, fez diversas reuniões com os 11 partidos da coligação que elegeu Dilma presidente. A partir dos pedidos e reivindicações que ouviu, Dutra elaborou um documento que será apresentado a Dilma. As legendas, além de pretenderem manter seus atuais cargos – entre ministérios, estatais e postos de nomeação política – pediram mais espaço dentro no novo governo.

A prioridade de Dilma, no entanto, deverá ser a montagem da equipe econômica. Ela antecipou para até o dia 20 o anúncio dos titulares dos postos mais importantes do governo. Com a divulgação dos nomes, a presidente eleita sinaliza aos mercados interno e externo os rumos que pretende dar à política econômica.

Nova residência

Depois de passar o feriado em Porto Alegre com a família, Dilma já passou sua primeira noite na Granja do Torto, uma das residências oficiais da Presidência da República e que abrigará a presidente eleita até a data da posse, no dia 1º de janeiro, quando ela se mudará para o Palácio da Alvorada.

Na semana passada, enquanto a presidente participava ao lado de Lula da reunião do G-20, na Coreia do Sul, a mudança de Dilma foi transportada da casa onde ela morou durante a campanha, no Lago Sul de Brasília, para a granja, que fica a menos de 20 quilômetros da Praça dos Três Poderes.

Dilma Jane, mãe de Dilma Rousseff, e a tia Arilda, que atualmente vivem em Belo Horizonte, vão morar com a presidente eleita no Palácio da Alvorada.