Detran continua fazendo ajustes para novo sistema funcionar 100%

Alvo de uma avalanche de críticas e reclamações, o Detran tenta solucionar uma série de problemas que apareceram com a implantação de uma nova plataforma de informática. Recentemente, por exemplo, o presidente do Detran Teodoro Lopes, o Dóia, anunciou que as falhas ocorridas no sistema de comunicação entre órgão, o Centro de Processamento de Dados …

30/11/2010 08:47



Alvo de uma avalanche de críticas e reclamações, o Detran tenta solucionar uma série de problemas que apareceram com a implantação de uma nova plataforma de informática. Recentemente, por exemplo, o presidente do Detran Teodoro Lopes, o Dóia, anunciou que as falhas ocorridas no sistema de comunicação entre órgão, o Centro de Processamento de Dados (Cepromat) e a secretaria estadual de Fazenda (Sefaz) já haviam sido resolvidas. Os problemas, segundo o próprio Detran, ocorreram por causa da nova plataforma.

   Numa reunião entre Dóia, o secretário Edmilson José dos Santos, da Sefaz, e o chefe de gabinete do governador Silval Barbosa, Nico Baracat, ficou definido que uma equipe formada por técnicos do Detran, Cepromat e Sefaz trabalharia durante todo este final de semana para finalizar ajustes na programação e envio de dados entre os órgãos.

   Na segunda (29) o sistema já estava sendo monitorado e ajustado. Mais uma vez o Detran pede que a população tenha paciência com o novo sistema e frisa que quando tudo estiver funcionando a contento, os processos serão mais céleres, as filas vão diminuir e o tempo para conclusão dos processos será menor.

   Para implementar o novo sistema foram investidos R$ 2,5 milhões. Entre os procedimentos que devem ocorrer de forma mais rápida está a emissão de CNHs e licenciamentos. Hoje os processos de emissão de CNH levam até 30 dias para serem concluídos e, por meio, do novo sistema, isso poderá ser realizado em 5 dias úteis. No Estado hoje existem cerca de 1,3 milhão de veículos e mais de 900 mil motoristas.