Cuiabá entra na disputa pela Copa das Confederações

Sede sede da Copa do Mundo do Pantanal, Cuiabá está na disputa para sediar também a Copa das Confederações, em 2013. No começo desta semana, em São Paulo o presidente do Comitê Organizador Local (COL), Ricardo Teixeira, disse que a competição poderá ter uma sede a mais do que o planejado. Inicialmente, estava prevista a …

01/12/2010 13:38



Sede sede da Copa do Mundo do Pantanal, Cuiabá está na disputa para sediar também a Copa das Confederações, em 2013. No começo desta semana, em São Paulo o presidente do Comitê Organizador Local (COL), Ricardo Teixeira, disse que a competição poderá ter uma sede a mais do que o planejado. Inicialmente, estava prevista a utilização de apenas quatro estádios, mas o dirigente afirmou para uma plateia formada por executivos que o torneio será em cinco sedes.

Segundo o site UOL Esportes, o COL aponta, informalmente, algumas candidatas que, atualmente, poderiam ser consideradas favoritas em virtude do bom andamento das obras dos estádios. Estão enquadradas nesta categoria Belo Horizonte (MG), Salvador (BA) e Cuiabá.

Para o diretor de Infraestrutura da Agecopa, Carlos Brito, responsável pelas obras da Arena e de Mobilidade Urbana, a posição favorável de Cuiabá é consequência dos esforços do Governo do Estado, por meio da Agecopa, para dotar a Capital das condições necessárias para sediar os dois eventos (Copa das Confederações e Copa do Mundo).

A construção da Arena Pantanal é uma das mais adiantadas entre as cidades sedes e deve estar concluída em dezembro de 2012, num cronograma que prevê a possibilidade de sediar também a Copa das Confederações. As obras de mobilidade urbana serão licitadas nos próximos meses, assegurando a reestruturação do sistema viário e a modernização do transporte coletivo.

A questão da segurança pública está sendo equacionada por meio da matriz estrutural encaminhada pela Agecopa à Secretaria Nacional (Senasp), que vem citando a proposta de Mato Grosso nas discussões nacionais sobre o tema. Na semana passada, a Infraero anunciou o início da ampliação do terminal de passageiros do Aeroporto Marechal Rondon, que antecede a grande reforma prevista para atender o aumento da demanda em função da Copa de 2014.

“Todas estas ações qualificam Cuiabá para sediar também a Copa das Confederações. Além de servir como um teste real para a Copa de 2014, a competição de 2013 pode significar a primeira oportunidade de obter o esperado retorno para os investimentos públicos e privados que estão sendo feitos. Não só econômico, fruto da atração de turistas e visitantes, mas especialmente o retorno social na forma de abertura de novos postos de trabalho e na qualificação de profissionais de diferentes setores”, disse Brito.

Definição

A definição sobre quais cidades receberão jogos da Copa das Confederações acontecerá no início do próximo ano. A tabela e os detalhes do torneio devem ser divulgados até 31 de março.

Já haveria algumas definições internas sobre a disputa da Copa das Confederações. Uma delas é que São Paulo dificilmente será escolhida, já que a cidade ainda tem indefinições sobre a construção do estádio e, com isso, não deverá entregar a arena até o fim de 2012, como deseja a Fifa.

Além de São Paulo, quem também está fora da competição é Natal. A capital potiguar ainda não conseguiu passar do processo de licitação do seu estádio e, da mesma forma, dificilmente conseguirá erguer uma arena no prazo estipulado anteriormente.