Pavimentação da BR-242 vai aumentar a competitividade e a logística da região

O governador Silval Barbosa e o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, acompanhados do Diretor Geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Luiz Antônio Pagot, e o Superintendente Regional do DNIT em Mato Grosso, Nilton de Britto, inauguraram nesta segunda-feira (20.12), em Querência (distante 945 Km a nordeste de Cuiabá) mais um trecho …

20/12/2010 15:06



O governador Silval Barbosa e o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, acompanhados do Diretor Geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Luiz Antônio Pagot, e o Superintendente Regional do DNIT em Mato Grosso, Nilton de Britto, inauguraram nesta segunda-feira (20.12), em Querência (distante 945 Km a nordeste de Cuiabá) mais um trecho de pavimentação da BR-242.

O trecho inaugurado na BR-242, compreende 48 quilômetros entre o entroncamento da BR-158 e o entroncamento da BR-163. As obras foram executadas por meio de convênio entre os governos Federal e Estadual. O Governo do Estado, como contrapartida dos investimentos do governo Federal, investiu cerca de R$ 3,5 milhões no trecho.

O governador Silval Barbosa disse, dirigindo-se ao ministro, que “a presença maciça dos prefeitos da região é o reconhecimento da importância dessa obra. A 242 é a libertação para ganhar competividade. Além disso vem a Ferrovia Centro Oeste. É um projeto do presidente Lula e da futura presidenta Dilma Rousseff, que sem dúvida vai construir essa importante obra”.

Querência é um dos municípios que mais cresce na região. A BR-242 é a mais importante via para ligar o leste-este e o ministro além de inaugurar um trecho da pavimentação assinou as ordens de serviço para outros 4 lotes. “Todas essas obras mostram quanto foi importante (o governo de Mato Grosso) ser teimoso. Silval Barbosa, o senhor, com certeza vai saber programar toda essa infraestrutura e mapear o Estado para distribuir o desenvolvimento para todas as regiões”, disse Pagot. O deputado federal Wellington Fagundes disse que “tudo tem sua história”, e lembrou que essa obra começou quando Pagot ainda era secretário de Infraestrutura do Estado.

O ministro Paulo Passos lembrou de quando visitou pela primeira a cidade e foi mostrada a necessidade da rodovia. Essa obra é a prova da prioridade que o Ministério dos Transportes deu a Mato Grosso. “Mas essa prioridade também significa a luta de toda a classe política de Mato Grosso”, disse Passos.

O prefeito de Querência, Fernando Gorgen, disse que está é a obra mais importante para o município. “Antes, no período das chuvas a população vivia ilhada. Querência nunca recebeu uma obra tão importante como esta”, salientou.

O governo de Mato Grosso e o governo Federal assinam ainda nesta data a ordem de serviço para mais quatro lotes de contratos da BR-242, num total de 154 km que serão pavimentados no prazo de dois anos e vão exigir um investimento de 150 milhões numa parceria dos governos Federal e Estadual. A conclusão dessas obras vai promover a ligação entre as rodovias BR-163 e BR-158.

A pavimentação da BR-242 é uma exigência da logística já que a maior parte das rodovias cruza o território no sentido Norte-Sul. Mato Grosso ainda não conta com estradas federais que possibilitem o transporte no sentido Leste-Oeste, o que ocasiona um aumento de percurso nas viagens. A BR-242 vai encurtar caminhos e beneficiará municípios como Querência, Nova Ubiratã e Gaúcha do Norte.

De Querência a cominativa governamental seguiu para o município de Sapezal, onde vão inaugurar a ponte sobre o rio Papagaio, na BR-364.

Patrticiparam da solenidade prefeitos dos municípios da região, os deputados federais Welington Fagundes, Valtenir Pereira, Homero Pereira, vereadores e produtores rurais, além da comunidade.