FCO auxilia no desenvolvimento da economia de Mato Grosso

O valor financiado até o último mês de setembro foi de R$ 532.112.707. Nos primeiros 9 meses de 2010, 4.109 empresas foram beneficiadas com esta linha de financiamento. Os novos investimentos geraram 7.113 postos de trabalho e 16 mil empregos indiretos. Se comparado com o mesmo período de 2009 houve um crescimento de 155% nos …

25/12/2010 20:36



O valor financiado até o último mês de setembro foi de R$ 532.112.707. Nos primeiros 9 meses de 2010, 4.109 empresas foram beneficiadas com esta linha de financiamento. Os novos investimentos geraram 7.113 postos de trabalho e 16 mil empregos indiretos.

Se comparado com o mesmo período de 2009 houve um crescimento de 155% nos valores financiados. No ano passado as transações ficaram em R$ 342 mil. “O crescimento do volume de crédito é consequência da popularização do recurso para investimentos”, ressalta o secretário de Indústria, Comércio, Minas e Energia, Pedro Nadaf.

Ao longo dos últimos oito anos, R$ 1,7 bilhão foram desembolsados para o financiamento empresarial por meio do FCO, sendo que nos últimos quatro anos houve incremento dos valores emprestados. Ao todo, 12,7 mil empresas já foram beneficiadas, sendo que 80% são micro e pequenas empresas que realizam retiradas inferiores a R$ 100 mil.

O incremento no programa comprova o trabalho do Governo do Estado por meio da Sicme e o crescimento do Estado. Em 2003 apenas quatro empresas foram beneficiadas pelo FCO. O valor liberado foi de R$ 288 mi. Em 2007 o número de empresas pulou para 785 empresas beneficiadas e R$ 170 milhões concedidos. Já em 2009 foram 3.272 empresas e R$ 342 milhões liberados. O ano de 2010 superou todas as expectativas. Somente nos nove primeiros meses do ano 3.874 empresas buscaram financiamentos junto ao FCO e foram liberados R$ 502 mi. “A expectativa é fechar o ano com R$ 700 mi liberados”.

 Nadaf explica que esse aumento se deve às ações do Governo do Estado, por meio da Sicme e parceiros que ampliaram a divulgação sobre a linha de financiamento com a implantação do FCO Itinerante. “Conseguimos ampliar a divulgação. Nos dois últimos anos levamos informações para 30 municípios mato-grossenses. O FCO Itinerante mostra a disponibilidade e que existe a possibilidade de fazer investimentos com empréstimos de baixo custo”.

Uma equipe formada por técnicos da Sicme e das entidades parceiras iam até o município para orientar os empresários sobre como pleitear o financiamento. Nadaf ressalta que o principal objetivo do FCO Itinerante é disseminar as informações e orientar o empresário do interior. Tanto as micro, como as pequenas, médias e grandes empresas foram beneficiadas pelo FCO este ano em Mato Grosso. A linha de financiamento também chegou em todos os segmentos da economia.

2010 – No setor de desenvolvimento industrial foram empregados R$ 250.149.020 em 651 empresas neste ano. O setor que mais pleiteou FCO em 2010 foi o de Comércio e Serviços, onde R$ 170 milhões foram financiados para atender 2.724 empresas. Já o investimento no setor de Desenvolvimento do Turismo foi de R$ 42 milhões divididos para 730 empresas.

Nos últimos oito anos, o número de empresas beneficiadas pelo FCO cresceu gradativamente. Em 2004 foram 277 empresas beneficiadas e R$ 114 milhões financiados. Já em 2009 o número de empresas aumentou para 2.272 empresas beneficiadas e R$ 342 milhões financiados.