Grande parte da malha ferroviária brasileira está subutilizada

O diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Bernardo Figueiredo, apresentou dados sobre a malha ferroviária brasileira de deixar qualquer um de boca aberta. Segundo ele, o Brasil tem hoje 28 mil quilômetros de ferrovia, grande parte dela está subutilizada. Ele apresenta os números da vergonha: 9 mil km sem uso e em outros …

27/12/2010 16:42



O diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Bernardo Figueiredo, apresentou dados sobre a malha ferroviária brasileira de deixar qualquer um de boca aberta. Segundo ele, o Brasil tem hoje 28 mil quilômetros de ferrovia, grande parte dela está subutilizada. Ele apresenta os números da vergonha: 9 mil km sem uso e em outros 10 mil km só passa um trem por dia.

Países com economia pujante, com grande transporte de cargas e exportação vigorosa, contam com grandes extensões ferroviárias, mas que funcionam!  

Para um país que se pretende a oitava economia do mundo daqui a alguns anos, necessita ter malha ferroviária que anime os produtores a produzir cada vez mais sem medo de perder boa parte do lucro nas estradas da vida.

Construir essa malha ferroviária deverá ser prioridade logística número um do futuro governo Dilma.