Projeto Vale Luz coleta mais de 17 toneladas de resíduos sólidos em 2010

Aliar preservação ecológica à economia mensal é o principal objetivo do Projeto Vale Luz, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social (Setecs). Este ano 17.259 kg de resíduos sólidos foram coletados, transformados e reciclados, gerando um total de R$11.380,95 mil, que foram revertidos em descontos para conta de luz ou …

27/12/2010 13:26



Aliar preservação ecológica à economia mensal é o principal objetivo do Projeto Vale Luz, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social (Setecs). Este ano 17.259 kg de resíduos sólidos foram coletados, transformados e reciclados, gerando um total de R$11.380,95 mil, que foram revertidos em descontos para conta de luz ou trocados por alimentos. A ação mostra que é possível preservar o meio ambiente e agregar valor econômico através de atitudes cotidianas.

O Vale Luz foi criado em 2006 e reformulado em março deste ano, onde passou a contar com 43 parceiros ao longo do ano para expansão da iniciativa. Hoje conta com cinco pontos de troca e um Posto de Separação e Coleta, localizado no bairro Pico do Amor.

O sistema de troca é feito de forma simples. As pessoas podem juntar em casa latinhas de alumínio, garrafas pet, embalagens de produtos de limpeza, xampu, iogurte e outros e levarem até um posto de troca, localizados nos Supermercados Modelo Aeroporto, Ponte Nova, Miguel Sutil, CPA 3 e Coxipó. No local é feita a pesagem do material e oferecido um ticket para desconto na fatura da conta de luz ou para a compra de alimentos na rede de Supermercados Modelo.

Os resíduos coletados são armazenados em big bags, recolhidos e levados ao Posto de Separação e Coleta, onde passam por triagem e são prensados. Após, são levados à empresa Bioterra, que transformará as embalagens em flocos e, por fim, vendidos a indústrias de transformação no Estado de São Paulo.

Diante do êxito do projeto, a Setecs firmou parceria com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e levou a diversos alunos das escolas de Cuiabá palestras de sensibilização ambiental, que alertam os jovens e crianças para a importância da preservação da natureza.

As palestras são feitas através de apresentações sobre o projeto, com fotos e vídeos que contemplam a riqueza de Mato Grosso e uma interação dinâmica com os alunos. Além disso, a equipe do Vale Luz disponibilizou um dia para os alunos do Colégio Notre Dame de Lourdes conhecerem o Posto de Separação e Coleta, onde eles puderam aprenderam sobre o processo de destinação dos materiais e utilizaram o conhecimento adquirido nos trabalhos apresentados na Feira do Conhecimento, realizada pelo colégio.

Ao todo, cinco escolas foram visitadas, sendo três estaduais e duas particulares. A Universidade Cândido Rondon (Unirondon) também disponibilizou o ciclo de palestras para os alunos dos cursos de Ciências Biológicas e Tecnologia em Gestão Ambiental.

O sucesso das palestras fez alguns condomínios residenciais se interessarem pelo projeto e aderirem à iniciativa. Atualmente, o projeto conta com 26 condomínios participantes.

“O projeto Vale Luz é uma iniciativa de responsabilidade social, desenvolvida por meio da preservação ambiental e da sustentabilidade econômica. Só este ano mais de 306 mil garrafas plásticas e 198 mil latas de alumínio deixaram de ser jogadas na natureza e foram recicladas, gerando renda e economia para os participantes do programa. O Governo do Estado tem tido cada vez mais apoio de empresas privadas, instiuições públicas e a sociedade em geral nesta iniciativa, simples, porém de extrema importância para o meio ambiente e as riquezas naturais de Mato Grosso”, disse o secretário adjunto de Trabalho e Emprego da Setecs-MT, Jean Estevan.

INCLUSÃO DE PARCERIAS

Graças a parceiros que promovem e incentivam o projeto, o Vale Luz já se tornou referência no país. Recentemente, a TV Senado esteve em Cuiabá para produzir uma matéria sobre o programa de preservação encabeçado pelo Governo do Estado, apresentando o projeto para todo Brasil.

Tanto sucesso só é possível com as parcerias firmadas com a Setecs. São participantes do projeto Bioterra, Bimetal, Supermercados Modelo, Rede Cemat, Grifforth Uniformes, Cartório do 6º Ofício de Cuiabá, TRT, TCE, Condomínio Jardins de France, Club Garage, Unimed Cuiabá, Buffet Leila Malouf, Clínica Veterinária São Francisco, Restaurante Haru, AABB Cuiabá, 26 condomínios cadastrados, além das Secretarias de Estado de Educação (Seduc) e Meio Ambiente (Sema).

Para 2011 a agenda da equipe Vale Luz é extensa. Além de novas parcerias que já estão sendo estudadas, novas escolas serão visitadas na capital.