Poupança tem recorde de captação em 2010 com R$ 38,68 bi

O saldo líquido de recursos na caderneta de poupança, o que quer dizer, volume acima de retiradas, somou R$ 38,68 bilhões em todo ano de 2010, revelando um novo recorde. Os números foram divulgados nesta quinta-feira pelo Banco Central. O crescimento do emprego e da renda no país foram as alavancas para o aumento de …

06/01/2011 19:56



O saldo líquido de recursos na caderneta de poupança, o que quer dizer, volume acima de retiradas, somou R$ 38,68 bilhões em todo ano de 2010, revelando um novo recorde. Os números foram divulgados nesta quinta-feira pelo Banco Central.

O crescimento do emprego e da renda no país foram as alavancas para o aumento de ingresso de recursos na caderneta de poupança. De acordo com a consultoria Economática, esse aumento ocorre embora a modalidade de investimentos ter registrado, em 2010, a pior rentabilidade nominal (sem o abatimento da inflação) desde 1967.

A poupança vem tendo aumento na entrada líquida de recursos desde 1995, maior número registrado anteriormente foi em 2007, quando a soma resultou nos R$ 33,37 bilhões.

Durante o ano de 2010, os depósitos na caderneta de poupança somaram R$ 1,16 trilhão, no momento que as retiradas resultaram R$ 1,12 trilhão, segundo números do Bacen. Por fim, o saldo total de recursos depositados somou R$ 378,7 bilhões no fim de 2010.