Secretaria Intermodal de Transportes criará Plano Estadual de Viação para acelerar obras da Copa

Transporte aeroviário, ferroviário e hidroviário. Esses são os segmentos em que a nova Secretaria Extraordinária de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transportes, vinculada à Casa Civil, irá trabalhar. Sob o comando do secretário Francisco Vuolo, a nova pasta faz parte do processo de reforma administrativa do Governo do Estado. A Secretaria Intermodal de Transportes será …

07/01/2011 17:32



Transporte aeroviário, ferroviário e hidroviário. Esses são os segmentos em que a nova Secretaria Extraordinária de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transportes, vinculada à Casa Civil, irá trabalhar. Sob o comando do secretário Francisco Vuolo, a nova pasta faz parte do processo de reforma administrativa do Governo do Estado. A Secretaria Intermodal de Transportes será responsável pela elaboração de um Plano Estadual de Viação para dar celeridade às obras da Copa do Mundo de 2014.

Segundo o secretário-chefe da Casa Civil, Eder Moraes, a nova Secretaria atende a prioridade do Governo do Estado que é a Copa de 2014. “A Secretaria Intermodal de Transporte terá destaque em três áreas: hidrovia, ferrovia e aerovia. É o Governo do Estado trabalhando em conjunto para a realização das obras do Mundial”, disse.

Para Vuolo, os trabalhos que serão desenvolvidos pela pasta terão como prioridade a aceleração das obras de mobilidade urbana da Copa de 2014. Ele esclarece que a Secretaria não irá executar obras, mas sim articular e definir os planos logísticos do Estado.

“Vamos preparar o Estado Mato Grosso logisticamente não só nas rodovias, mas também nas ferrovias, hidrovias e aerovias”, disse Vuolo, ressaltando que a criação da pasta vem ao encontro do crescimento de Mato Grosso, que tem grande potencialidade na escoação de grãos. “Também vamos trabalhar com uma logística não só de escoamento da produção, mas também iremos beneficiar o cidadão”, completou.

Ele destaca que, neste primeiro momento, está trabalhando com o layout e estrutura física da nova Secretaria, como também da composição da equipe de trabalho. Na segunda etapa, Vuolo irá definir as parcerias com entidades privadas, organizadas e União.

O novo secretário de Estado tem o histórico de luta na qual a sua família batalhou a favor da vinda da ferrovia para Mato Grosso. “Como presidente do Fórum Pró-Ferrovia lutei pela ferrovia e agora vou lutar por um Estado melhor”, declarou Vuolo.