Escorpião leva banho de ouro e vira jóia

Imagine usar uma joia em formato de escorpião. Nada de mais, não é? Pois bem. Agora imagine usar um escorpião de verdade banhado a ouro. Sim, isso existe e é fabricado pela marca mineira Amarjon, de Juiz de Fora, com estande no Senac Rio Fashion Busines. Além do animal, folhas, sementes, pena, madeira, pedras passam …

12/01/2011 14:00



Imagine usar uma joia em formato de escorpião. Nada de mais, não é? Pois bem. Agora imagine usar um escorpião de verdade banhado a ouro. Sim, isso existe e é fabricado pela marca mineira Amarjon, de Juiz de Fora, com estande no Senac Rio Fashion Busines. Além do animal, folhas, sementes, pena, madeira, pedras passam pelo processo que transforma matéria-prima encontrada na natureza em biojoias.

Para conseguir os animais, a empresa firmou em 2008 um acordo com o Ibama para recolher 3 mil escorpiões amarelos de Juiz de Fora, onde o aracnídeo é uma praga. Depois de pegos, são colocados numa solução própria onde morrem, conservando as formas originais. Presos com alfinetes a uma placa de isopor, passam pelo processo de desidratação e depois são banhados a ouro e platina.

O resultado são pingentes de vários tamanhos nos formato original do escorpião,que podem ou não receber a incrustação de pedras. “Todos os pingentes menores já foram vendidos. Agora temos só maiores, que custam entre R$ 450 e R$ 500”, disse Andreia Guidarelli, coordenadora de varejo e uma das sócias da empresa, que se empenha em recolher a matéria-prima sem afetar o meio ambiente. “Pegamos as folhas e as penas do chão.”

As folhas usadas são de amendoim do campo, de goiabeira, de quina e de minurinha, que passam pelo processo de desidratação e de banho de ouro e de platina, como o escorpião.”Não usamos níquel na composição, material proibido em vários países, por que pode provocar doenças degenerativas com o tempo e causar alergias. Sem o metal, a peça fica mais leve.” Os produtos – brincos, pulseiras, colares -, custam de R$ 70 a R$ 400.

A empresa produz também a linha Divindades, assinadas pela atriz Suzana Pires, de Araguaia, da Globo, que mistura produtos naturais – penas, sementes e madeiras – com ouro e pedras preciosas, com preços que variam de R$ 166 a R$ 600.