Casal é roubado em shopping na capital

Um casal foi assaltado à mão armada em plena tarde, no Shopping Goiabeiras, na última quarta-feira (12). O contador S.E.F, de 40 anos, e sua esposa M.C, de 38, foram abordados pelo assaltante armado com uma pistola, no momento em que passavam pela porta que dá acesso às escadas rolantes do estacionamento do primeiro piso. …

15/01/2011 17:47



Um casal foi assaltado à mão armada em plena tarde, no Shopping Goiabeiras, na última quarta-feira (12). O contador S.E.F, de 40 anos, e sua esposa M.C, de 38, foram abordados pelo assaltante armado com uma pistola, no momento em que passavam pela porta que dá acesso às escadas rolantes do estacionamento do primeiro piso.

As câmeras de segurança registraram toda abordagem e o assalto durou cerca de 2 minutos. Na pasta de S.E.F, que foi levada pelo bandido, havia R$ 11,600 mil em dinheiro, mais cheques de clientes e documentos pessoais e celular. Também foi levada a bolsa de M.C, celular, cartões e cheques, o que somado à quantia em dinheiro gerou um prejuízo de aproximadamente R$ 14 mil, calculam.

 O assaltante saiu pela portaria do estacionamento, subiu numa moto e sumiu. A partir desse momento teve início a peregrinação do casal, primeiro em busca de ajuda, já que mesmo acionando os seguranças eles nem se moveram, e posteriormente de satisfações em relação ao prejuízo obtido e ressarcimento, já que o shopping tem obrigação de garantir a integridade e a segurança de seus clientes. Revoltados, eles decidiram tornar público, o que eles chamaram de “negligência, descaso e inoperância” do Shopping Goiabeiras.

 O crime aconteceu por volta das 16h de quarta-feira,e até ontem à noite o casal ainda não tinha conseguido ser atendido por ninguém da administração para tratar do caso. “Quando eu fui abrir a porta de acesso à escada rolante, senti alguém me segurar, pensei que fosse algum amigo, mas quando olhei já tinha uma arma encostada na minha costela. O homem anunciou o roubo, tomou minha pasta e a bolsa da minha esposa, e saiu andando. Subimos correndo, gritando pelos seguranças, mas eles nem se moveram, disseram que não ficam armados e que iam ligar para polícia. Ninguém fez nada. O que me impressiona é um trabalhador não poder entrar aqui para tomar um lanche, que é morto pelos seguranças, mas um assaltante entra armado comtranquilidade, assalta cidadãos de bem, vai embora e ninguém se mexe”, disse S.E.F.
 

O estacionamento do Shopping Goiabeiras custa R$ 4 por quatro horas, e expirado o prazo é cobrado R$ 1 por hora excedida.

 OUTRO LADO
Gerência informou que vai prestar assistência
Mas irá esperar investigação para ressarcimento

O gerente administrativo, Luiz Carlos Berto, não soube informar quantos seguranças têm o shopping, qual é exatamente a função que eles desempenham ali, e até onde eles podem atuar, já que os que estão do lado de fora do local ficam  armados.
O gerente se ateve a dizer que o shopping prestara toda a assistência ao casal e em termos de ressarcimento vão esperar o desenrolar da investigação.