Estudantes reclamam de lentidão do novo sistema de vestibular SiSu

O primeiro dia de inscrição no Sistema de Seleção Unificada (SiSu), ferramenta de unificação das ofertas de vagas em instituições públicas de ensino superior para os estudantes que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2010, foi marcado por dificuldades e demora no acesso ao site do sistema. Alguns candidatos reclamaram da demora de …

17/01/2011 08:35



O primeiro dia de inscrição no Sistema de Seleção Unificada (SiSu), ferramenta de unificação das ofertas de vagas em instituições públicas de ensino superior para os estudantes que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2010, foi marcado por dificuldades e demora no acesso ao site do sistema.

Alguns candidatos reclamaram da demora de até 1h30 para realizar os procedimentos de inscrição e, mesmo assim, não conseguiram fazê-los. Uma das possíveis causas da lentidão do sistema pôde ser atribuída ao grande número de acessos.
Ao todo são disponibilizadas cerca de 83 mil vagas, em 83 instituições públicas de ensino superior, sendo 39 universidades federais. O Sisu começou a funcionar na madrugada de ontem, e as inscrições seguem até às zero hora de amanhã.
A estudante Ana Marília Maia Magalhães, 18, não estava conseguindo, sequer, entrar no site do sistema. Ela explicou que está tentando fazer a inscrição desde ontem pela manhã e está receosa de não conseguir.
“Não estou conseguindo nem entrar no site. Quando consigo, tento entrar na página de inscrição, mas ela trava. O sistema está muito lento.
Não sei por que isso está acontecendo, mas acredito ser devido ao número de acessos. É capaz até de eu desistir de fazer a inscrição [risos].
Estou começando a ficar sem paciência”, revelou ela. Medo de perder a vaga O candidato Gilberto Martins Barbosa Filho, 18, também enfrentou problemas para acessar o sistema. De acordo com ele, o link da inscrição não estava aparecendo, por isso estava sendo impossível realizar a ação.
O estudante fez 720 pontos no Enem, mas salientou que se demorar para fazer a inscrição, a pontuação pode não ser suficiente para a vaga nos cursos de Ciências da Computação ou Engenharia da Computação.
“Estou tentando desde a madrugada [de ontem]. Até agora, nada. Se eu não conseguir me inscrever logo, posso acabar sendo prejudicado, já que as vagas podem ser preenchidas. Estou com “medo” de não conseguir fazer isso logo.
Passei o dia na frente do computador e não vou sair até conseguir acessar o sistema. Vou “virar” a noite acordado se for preciso”, disse Gilberto.

O primeiro dia de inscrição no Sistema de Seleção Unificada (SiSu), ferramenta de unificação das ofertas de vagas em instituições públicas de ensino superior para os estudantes que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2010, foi marcado por dificuldades e demora no acesso ao site do sistema.
Alguns candidatos reclamaram da demora de até 1h30 para realizar os procedimentos de inscrição e, mesmo assim, não conseguiram fazê-los. Uma das possíveis causas da lentidão do sistema pôde ser atribuída ao grande número de acessos.
Ao todo são disponibilizadas cerca de 83 mil vagas, em 83 instituições públicas de ensino superior, sendo 39 universidades federais. O Sisu começou a funcionar na madrugada de ontem, e as inscrições seguem até às zero hora de amanhã.
A estudante Ana Marília Maia Magalhães, 18, não estava conseguindo, sequer, entrar no site do sistema. Ela explicou que está tentando fazer a inscrição desde ontem pela manhã e está receosa de não conseguir.
“Não estou conseguindo nem entrar no site. Quando consigo, tento entrar na página de inscrição, mas ela trava. O sistema está muito lento.
Não sei por que isso está acontecendo, mas acredito ser devido ao número de acessos. É capaz até de eu desistir de fazer a inscrição [risos].
Estou começando a ficar sem paciência”, revelou ela. Medo de perder a vaga O candidato Gilberto Martins Barbosa Filho, 18, também enfrentou problemas para acessar o sistema. De acordo com ele, o link da inscrição não estava aparecendo, por isso estava sendo impossível realizar a ação.
O estudante fez 720 pontos no Enem, mas salientou que se demorar para fazer a inscrição, a pontuação pode não ser suficiente para a vaga nos cursos de Ciências da Computação ou Engenharia da Computação.
“Estou tentando desde a madrugada [de ontem]. Até agora, nada. Se eu não conseguir me inscrever logo, posso acabar sendo prejudicado, já que as vagas podem ser preenchidas. Estou com “medo” de não conseguir fazer isso logo.
Passei o dia na frente do computador e não vou sair até conseguir acessar o sistema. Vou “virar” a noite acordado se for preciso”, disse Gilberto.