Estado divulga resultado de campanha contra febre aftosa e atualiza número de rebanho de MT

Mato Grosso comemora 15 anos sem registro de ocorrência de febre aftosa. O governador do Estado, Silval Barbosa, celebra o resultado, nesta quarta-feira (19.01), divulgando os números da última etapa Campanha Nacional de Erradicação da Febre Aftosa de 2010, realizada em novembro em todo rebanho de bovinos e bubalinos, em entrevista coletiva, às 10 horas, …

19/01/2011 08:36



Mato Grosso comemora 15 anos sem registro de ocorrência de febre aftosa. O governador do Estado, Silval Barbosa, celebra o resultado, nesta quarta-feira (19.01), divulgando os números da última etapa Campanha Nacional de Erradicação da Febre Aftosa de 2010, realizada em novembro em todo rebanho de bovinos e bubalinos, em entrevista coletiva, às 10 horas, no Salão Nobre ‘Secretário Cloves Vettorato’, no Palácio Paiaguás, em Cuiabá. Na ocasião também será apresentado o número oficial do rebanho mato-grossense, atualizado na etapa de novembro.

Em 2010, o Governo do Estado manteve os investimentos e Mato Grosso entra no décimo quinto ano com o status de ‘livre da febre aftosa com vacinação’, reconhecida pela Organização Mundial de Saúde Animal. “Mato Grosso é responsável pela venda da carne para mais de 180 países, de acordo com as exigências do mercado internacional e nacional. Agora esperamos que continue crescendo no Brasil e no mundo, com a abertura de novos mercados”, pontuou o secretário de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), Jilson Francisco da Silva.

O presidente do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT), Valney Corrêa, assinalou que na faixa de fronteira a expectativa é que 100% do rebanho bovino de zero a 12 meses seja imunizado, já que a realização da vacinação oficial é de responsabilidade de técnicos e veterinários do Indea, nas 584 propriedades, no prazo estipulado. “As aplicações das vacinas são agendadas quando são feitas as notificações aos produtores rurais, garantindo a proteção do rebanho com ações de controle de trânsito em postos fixos de vacinação que funcionam ininterruptamente”, destacou.

FRONTEIRA – Aproximadamente 110 mil cabeças de todo rebanho bovino do Estado deverão ser imunizadas na faixa da fronteira, a partir do dia primeiro de fevereiro. Os pecuaristas das 584 propriedades que estão localizadas num raio de 15 quilômetros da fronteira entre Mato Grosso e Bolívia, nos municípios de Cáceres, Vila Bela da Santíssima Trindade e Porto Esperidião devem cumprir o antigo cronograma de imunização dos animais e continuar vacinando o rebanho de zero a 12 meses no mês de fevereiro.

A Campanha Nacional de Erradicação da Febre Aftosa é coordenada pelo Indea, instituição vinculada à Sedraf; com apoio do Fundo Emergencial de Saúde Animal e a Superintendência Federal de Agricultura no Estado de Mato Grosso (SFA/MT) e a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) em parceria com o Fundo Emergencial de Saúde Animal (Fesa).

Participam da entrevista coletiva, também o secretário Jilson Francisco, o presidente Indea-MT, o superintendente federal do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em Mato Grosso, Francisco Moraes Chico Costa, o presidente da Famato e do Fesa, Rui Prado, e o presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), José João Bernardes.

SERVIÇO – COLETIVA

Data: 19 de janeiro de 2011

Horário: 10h

Local: Salão Nobre ‘Secretário Cloves Vettorato’ – no Palácio Paiaguás, em Cuiabá/MT

Assessoria de Comunicação Sedraf/MT: Denise Niederauer – (65) 9971-9520 / (65) 3613-6204

Assessoria Indea/MT: Wisley Tomaz – (65) 9224-6425