TCE retoma atividades plenárias com posse da nova diretoria do MP de Contas

As atividades plenárias de 2011 do Tribunal de Contas de Mato Grosso serão reabertas na próxima terça-feira, dia 1º/2, às 14h30. No início da sessão ordinária, o conselheiro presidente Valter Albano dará posse ao novo procurador Geral do Ministério Público de Contas, Alisson Alencar, que irá exercer a função no biênio 2011/2012. A sessão plenária …

28/01/2011 11:39



As atividades plenárias de 2011 do Tribunal de Contas de Mato Grosso serão reabertas na próxima terça-feira, dia 1º/2, às 14h30. No início da sessão ordinária, o conselheiro presidente Valter Albano dará posse ao novo procurador Geral do Ministério Público de Contas, Alisson Alencar, que irá exercer a função no biênio 2011/2012. A sessão plenária pode ser acompanhada, ao vivo, pela TV Assembleia Legislativa (canais 30) ou pela página de internet www.tce.mt.gov.br.
Após a cerimônia de posse, o Pleno irá deliberar sobre os 61 itens da pauta de julgamentos. O primeiro processo é referente à apreciação da medida cautelar contra a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso sobre supostas irregularidades nos editais dos pregões nº 41, 57, 107 e 112/2010. A denúncia foi apresentada por umas das empresas participantes do certame.
A Prefeitura de Bom Jesus do Araguaia também foi denunciada ao Tribunal de Contas em razão de impropriedades em despesas com combustíveis e peças para maquinários, no exercício de 2007.
Além disso, os conselheiros vão julgar representações internas contra as prefeituras de Araguainha, Juscimeira, Câmara de Sorriso e Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso. Esta última foi denunciada devido a supostas falhas no pregão nº. 20/2009 para aquisição, manutenção e suporte de softwares e equipamentos de informática.
Constam na pauta de julgamentos também duas consultas. A Câmara de Santa Cruz do Xingu consulta o TCE sobre a possibilidade de o município executar, com recursos próprios, a construção e manutenção de pontes e estradas localizadas em área destinada a assentamentos de reforma agrária. Já a Procuradoria Geral de Justiça busca informações referentes ao pagamento da diferença devida a título de adicional por tempo de serviço – ATS, no período de janeiro a setembro de 2006.
Em 2010, o Tribunal Pleno apreciou 664 processos de contas anuais, sendo 143 Contas de Governo e 521 Contas de Gestão. Além dos balanços anuais das organizações públicas estaduais e municipais, o TCE julgou representações de natureza externa e interna, denúncias, resoluções de consultas e normativas, decisões administrativas, provimentos e homologações de aposentadoria, pensões e reservas, totalizando 4.331 processos julgados no ano.

As atividades plenárias de 2011 do Tribunal de Contas de Mato Grosso serão reabertas na próxima terça-feira, dia 1º/2, às 14h30. No início da sessão ordinária, o conselheiro presidente Valter Albano dará posse ao novo procurador Geral do Ministério Público de Contas, Alisson Alencar, que irá exercer a função no biênio 2011/2012. A sessão plenária pode ser acompanhada, ao vivo, pela TV Assembleia Legislativa (canais 30) ou pela página de internet www.tce.mt.gov.br.
Após a cerimônia de posse, o Pleno irá deliberar sobre os 61 itens da pauta de julgamentos. O primeiro processo é referente à apreciação da medida cautelar contra a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso sobre supostas irregularidades nos editais dos pregões nº 41, 57, 107 e 112/2010. A denúncia foi apresentada por umas das empresas participantes do certame.
A Prefeitura de Bom Jesus do Araguaia também foi denunciada ao Tribunal de Contas em razão de impropriedades em despesas com combustíveis e peças para maquinários, no exercício de 2007.
Além disso, os conselheiros vão julgar representações internas contra as prefeituras de Araguainha, Juscimeira, Câmara de Sorriso e Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso. Esta última foi denunciada devido a supostas falhas no pregão nº. 20/2009 para aquisição, manutenção e suporte de softwares e equipamentos de informática.
Constam na pauta de julgamentos também duas consultas. A Câmara de Santa Cruz do Xingu consulta o TCE sobre a possibilidade de o município executar, com recursos próprios, a construção e manutenção de pontes e estradas localizadas em área destinada a assentamentos de reforma agrária. Já a Procuradoria Geral de Justiça busca informações referentes ao pagamento da diferença devida a título de adicional por tempo de serviço – ATS, no período de janeiro a setembro de 2006.
Em 2010, o Tribunal Pleno apreciou 664 processos de contas anuais, sendo 143 Contas de Governo e 521 Contas de Gestão. Além dos balanços anuais das organizações públicas estaduais e municipais, o TCE julgou representações de natureza externa e interna, denúncias, resoluções de consultas e normativas, decisões administrativas, provimentos e homologações de aposentadoria, pensões e reservas, totalizando 4.331 processos julgados no ano.