Estudantes devem validar cartão para continuar usando passe livre

Os estudantes das redes municipal, estadual, federal e privada de Cuiabá devem efetuar a validação do cartão antes do início das aulas para continuarem tendo direito ao passe livre nos ônibus da capital. O primeiro passo, porém, deve ser dado pelas escolas, que atualizam online, através do site da MTU (Associação Mato-grossense de Transportadores Urbanos) …

29/01/2011 09:57



Os estudantes das redes municipal, estadual, federal e privada de Cuiabá devem efetuar a validação do cartão antes do início das aulas para continuarem tendo direito ao passe livre nos ônibus da capital.

O primeiro passo, porém, deve ser dado pelas escolas, que atualizam online, através do site da MTU (Associação Mato-grossense de Transportadores Urbanos) o cadastro dos alunos.

A maioria dos estudantes já validou seus cartões no final do ano letivo de 2010, na própria escola. Os que não validaram, devem fazê-lo em qualquer ônibus da capital para ter direito ao passe no primeiro dia de aula.

Segundo o diretor da associação, Moacir Zanini, com o sistema de atualização online as filas na agência da MTU foram quase extintas. “Temos melhorado o sistema. No último ano tivemos uma evolução tremenda”, comemora.

Para os novos usuários do sistema, é preciso imprimir um formulário disponível no site da MTU e preencher. Com o formulário em mãos, o estudante deve ir à escola ou instituição de ensino para que o diretor assine.

Após, é preciso levar à agência da MTU no centro de Cuiabá o formulário assinado e cópias do RG, CPF (quem não possui CPF deve levar cópia da certidão de nascimento), e comprovante de residência. A foto para o cartão é tirada na hora, e ele fica pronto em até sete dias. Com o cartão em mãos, o estudante pode validá-lo em qualquer ônibus de Cuiabá.

VALIDAÇÃO DIÁRIA

Zanini lembra que, para usufruir do direito ao passe livre, os estudantes de Cuiabá devem validar diariamente o seu cartão nas máquinas instaladas nas escolas. “Isso prova que ele frequenta as aulas e ajuda a diminuir a evasão escolar. Assim podemos garantir que o aluno que usou aquela passagem gratuita de fato foi à escola”, explica.

Segundo Zanini, são cerca de 500 validadores nas 380 escolas da capital. Cerca de 56 mil alunos utilizam o passe livre.

Ele lembra que o passe livre foi implantado em Cuiabá para combater a evasão escolar. “Os gastos com transporte deixaram de ser um empecilho para o estudante. Ele tem mais uma motivação para ir à escola”, comemora.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 0800-646-2544 e 3313-7600.