Certificação de madeira será digital a partir do dia 7

O Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) lançará na próxima segunda (07), o novo sistema informatizado de emissão de Certificado de Identificação de Madeira (CIM), cujo objetivo é permitir maior rapidez na emissão do documento, além de garantir segurança e confiabilidade. O Certificado de Identificação da Madeira é exigido para as …

03/02/2011 09:30



O Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) lançará na próxima segunda (07), o novo sistema informatizado de emissão de Certificado de Identificação de Madeira (CIM), cujo objetivo é permitir maior rapidez na emissão do documento, além de garantir segurança e confiabilidade.

O Certificado de Identificação da Madeira é exigido para as madeiras abatidas no Estado de Mato Grosso, com exceção das madeiras destinadas à exportação, industrialização e reflorestamento. De acordo com o coordenador de Fiscalização de Recursos Naturais Renováveis do Indea-MT, Roberto Carlos Barbosa de Souza, o novo sistema representa um salto de qualidade e maior segurança no segmento de base florestal, permitindo inclusive, maior facilidade de acesso ao monitoramento das atividades do setor de base florestal.

O presidente do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso, Valney Alves Côrrea, ressalta que o Indea vem intensificando a fiscalização nos postos fiscais de divisa, visando garantir tanto aos produtores de madeiras como aos servidores que trabalham com essa atividade maior segurança e rapidez na emissão do certificado.

Nesta quinta (03), o Indea realizará um treinamento na sede do instituto, a partir das 08h, com 11 técnicos que se tornarão multiplicadores de informação na operacionalização da nova ferramenta.