Curta metragem produzido em MS estreia sábado

Produzido ao longo de dois anos com recursos do Fundo Municipal de Incentivo à Cultura (Fmic) da Fundação Municipal de Cultura de Campo Grande (Fundac), o curta metragem “Ela veio me ver” estreia neste sábado (5), às 10h30, no Cinemark, no Shopping Campo Grande. O filme tem duração de 16 minutos e é obra do …

03/02/2011 10:08



Geraldo Espíndola Filho e Maria Eugênia Pacheco atuam no curta metragem

Produzido ao longo de dois anos com recursos do Fundo Municipal de Incentivo à Cultura (Fmic) da Fundação Municipal de Cultura de Campo Grande (Fundac), o curta metragem “Ela veio me ver” estreia neste sábado (5), às 10h30, no Cinemark, no Shopping Campo Grande. O filme tem duração de 16 minutos e é obra do cineasta Essi Rafael, de Aquidauana, e foi uma das atrações da última Mostra de Cinema de Tiradentes.

A história é de dois adolescentes, interpretados por Geraldo Espíndola Filho e Maria Eugênia Pacheco. O curta foi gravado em Campo Grande e apresenta, de forma singela e inocente, a luta contra ansiedade, medo, insegurança e timidez, traduzindo de forma simples sentimentos universais.

Essi Rafael Mongenot tem 22 anos e produz vídeos independentes que já ganharam a grande tela, como “Um conto de solidão”, curta de 2008 exibido em Gramado e no Rio de Janeiro e premiado no 6º Festival de Cinema de Campo Grande e no FUA 2009 (Festival Universitário de Audiovisual).

A equipe técnica do filme conta ainda com Maurício Copetti, diretor de fotografia também premiado no Festival de Cinema de Campo Grande e realizador do vídeo institucional “Pantanal de Aquidauana” e Carol Araújo, produtora e preparadora de elenco, integrante da equipe do longa-metragem “Cabeça a Prêmio”.

O curta metragem “Ela veio me ver” contou também com o apoio da Casa de Cinema de Aquidauana. Não será cobrado ingresso para esta sessão de estreia.