Falências recuam para menor nível em 6 anos em janeiro

O número de falências decretadas foi o menor para o primeiro mês do ano desde 2005, quando entrou em vigor a nova lei de falências. Ao todo, houve 41 decretos em janeiro, sendo 35 de micro e pequenas empresas, dois de médias e quatro de grandes empresas. É o que revela o Indicador Serasa Experian de …

04/02/2011 08:53



O número de falências decretadas foi o menor para o primeiro mês do ano desde 2005, quando entrou em vigor a nova lei de falências. Ao todo, houve 41 decretos em janeiro, sendo 35 de micro e pequenas empresas, dois de médias e quatro de grandes empresas. É o que revela o Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações.

Segundo os economistas da Serasa Experian, a economia aquecida em 2010 determinou, em janeiro deste ano, o menor volume de falências decretadas no primeiro mês desde 2005. As estatísticas de janeiro se referem aos processos iniciados no ano passado.

Já as falências requeridas apresentaram aumento em janeiro de 2011, na relação com dezembro de 2010. Na comparação com janeiro do ano anterior, por sua vez, houve redução no número de requerimentos.

Os economistas da Serasa Experian lembram que, com os impactos da crise global, os requerimentos de falência passaram a ser usados como instrumento de cobrança. Dessa forma, o crescimento na comparação com o mês anterior se refere às compras junto aos fornecedores, principalmente para o Natal, e não pagas.

A perspectiva é de que o presente processo de desaceleração da economia, para controle da inflação e ajuste no crescimento do país, tenha impacto limitado sobre a insolvência das empresas.