Brasil sucumbe ao ‘fantasma’ da camisa 10 e segue freguês da França

O carrasco estava no camarote do Stade de France, mas sua camisa “jogou” em mais uma vitória da França sobre o Brasil nesta quarta-feira: com o número de 10 de Zidane nas costas, Benzema brilhou e garantiu o 1 a 0 para os franceses, que não perdem para os brasileiros desde 26 de agosto de …

09/02/2011 20:16



O carrasco estava no camarote do Stade de France, mas sua camisa “jogou” em mais uma vitória da França sobre o Brasil nesta quarta-feira: com o número de 10 de Zidane nas costas, Benzema brilhou e garantiu o 1 a 0 para os franceses, que não perdem para os brasileiros desde 26 de agosto de 1992 (2 a 0). O atacante do Real Madrid ainda foi alvo de uma entrada violenta de Hernanes, que acertou o peito do rival e foi expulso aos 38 do primeiro tempo.

Esta foi a segunda derrota seguida do time treinado por Mano Menezes. Em 2010, a Seleção fechou o ano com fracasso contra a Argentina (1 a 0, em novembro). Antes, a equipe havia vencido Ucrânia, Irã e Estados Unidos. Nos dois confrontos contra rivais tradicionais, o Brasil de Mano não conseguiu a vitória.

O próximo amistoso marcado para a Seleção, que não disputará as eliminatórias para  a Copa de 2014, é contra a Holanda, dia 4 de junho, provavelmente no Brasil. Em 3 de julho, a equipe estreia na Copa América contra a Venezuela, na Argentina. Desde 1992, a Seleção enfrentou a França seis vezes: dois empates e quatro derrotas. No total, cada um tem cinco vitórias na história do confronto (quatro empates).