Refém é liberada após fim do ataque a supermercado Modelo

A vítima mantida como refém por mais de três horas em um supermercado foi liberada há pouco, por volta das 11h. A ação começou por volta das 8h da manhã desta segunda (14), quando um homem armado com uma faca invadiu o supermercado Modelo da av. Tenente Coronel Duarte (Prainha) para chamar a atenção para …

14/02/2011 12:57



A vítima mantida como refém por mais de três horas em um supermercado foi liberada há pouco, por volta das 11h. A ação começou por volta das 8h da manhã desta segunda (14), quando um homem armado com uma faca invadiu o supermercado Modelo da av. Tenente Coronel Duarte (Prainha) para chamar a atenção para problemas que teve com uma empresa de transporte intermunicipal.

A princípio, houve especulação que se tratava de um assalto, mas o homem não pediu dinheiro. Ele alegou que sua mala com cerca de R$ 50 mil foi roubada durante uma viagem para Rondônia na última sexta (11) e exigia providências.

As informações da empresa Eucatur são de que a mala se encontrava sob responsabilidade da companhia de transporte porque o homem, identificado como Valdeci Gomes, teria pulado do ônibus pela janela e deixado a mala para trás, quando o ônibus passava em frente à Gráfica Atalaia, na av. Miguel Sutil, em Cuiabá.
Ele foi encaminhado ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para atendimento médico imediatamente e a empresa registrou boletim de ocorrência no mesmo dia.

A mala foi devolvida a Valdeci durante a ação no supermercado.

Policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), da Força Tática da Polícia Militar e do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil fizeram o cerco ao supermercado e trataram da negociação. Não foi preciso usar a força. O Corpo de Bombeiros e o Samu também se estiveram no local para dar suporte em caso de emergência.

Valdeci foi encaminhado ao Cisc Planalto. A refém deixou o supermercado em uma cadeira de rodas e foi atendida pelo Samu.