Peugeot mostra o novo sedan 408, oficialmente, no Brasil

A Peugeot dá sequência à ofensiva comercial adotada em 2010 com o lançamento oficial do novo sedan 408. Vale destacar, que o modelo foi mostrado pela primeira vez no Brasil, durante o salão do automóvel, em Outubro de 2010. A chegada deste novo produto representa um passo importante no disputado segmento de sedans médios. Segundo …

16/02/2011 11:13



A Peugeot dá sequência à ofensiva comercial adotada em 2010 com o lançamento oficial do novo sedan 408. Vale destacar, que o modelo foi mostrado pela primeira vez no Brasil, durante o salão do automóvel, em Outubro de 2010. A chegada deste novo produto representa um passo importante no disputado segmento de sedans médios. Segundo a Peugeot, o 408 chega com uma receita que reúne estilo inconfundível, amplo espaço interno, dirigibilidade de alto nível e ampla tecnologia embarcada.

O 408 é o primeiro veículo da Peugeot que traz o novo logotipo do Leão. Ele apresenta uma postura mais dinâmica, reforçando a identidade da Marca Peugeot. O estilo do novo sedan está baseado no tradicional aspecto felino busca trazer um elevado nível de qualidade. Em seu interior, os materiais mais nobres e elaborados completam o veículo.

Com arquitetura semi-elevada e compartilhando a plataforma do hatchback 308, o 408 tem comprimento de 4,69 metros, largura de 1,81 metro e um entre-eixos de 2,71 metros. O porta-malas, com abertura pantográfica, oferece uma capacidade de 526 litros, sendo um dos maiores do segmento.

Motores

O Peugeot 408 esta equipado com o conhecido motor 2.0 litros – 16 V, com uma potência máxima de 151 cavalos a 6.000 rpm (quando abastecido com etanol) e um torque máximo de 22 mkgf a 4.000 rpm. Esse é o mesmo motor do C4 e C4 Pallas da Citroën, ou ainda do 307 hatch-back. Esse motor pode estar acoplada à um câmbio manual de cinco marchas e com o novo câmbio automático AT8.

A partir do segundo semestre, a Peugeot disponibilizará também para a versão topo de linha do 408, a opção do motor 1.6 litro – 16V Turbo High Pressure, de 165 cavalos (o mesmo do 3008). Ele virá junto com um câmbio automático sequencial de seis marchas.

Equipamentos

Na configuração mais sofisticada, o 408 conta com teto solar, ar-condicionado de dupla zona e uma tela de navegação colorida retrátil de 7 polegadas. Entre outros acessórios, traz faróis bi- xenon direcionais e auxílio ao estacionamento dianteiro e traseiro. O 408 pode incluir também até com seis air-bags, além de ESP (controle eletrônico de estabilidade) e ABS de série com auxílio à frenagem de emergência e repartição eletrônica de frenagem

Projeto Global

O desenvolvimento do projeto do 408 exigiu cooperação entre as equipes de desenvolvimento da China, onde o veículo é comercializado desde o mês de abril, e os diferentes centros de pesquisas e de produção situados na América Latina, mobilizando ainda os centros de Pesquisa e Desenvolvimento do Grupo na Argentina, Brasil, China e França.

Foram feitos ajustes específicos, com mais de 1 milhão de quilômetros rodados em testes nas estradas da América Latina e um elevado nível de exigência em termos de qualidade, para desenvolver um sedan com um desempenho topo de linha.

Vale destacar que 408 é sucessor do 307 sedan, que era produzido também na Argentina e que foi descontinuado. O modelo não tem nada a ver com o sedã grande 407, que era importado da França.

Preços e mercado

O novo Peugeot 408 é produzido na fábrica da PSA Peugeot Citroën em Palomar, situada na região metropolitana de Buenos Aires, e será comercializado em toda a rede de concessionárias Peugeot no Brasil a partir da segunda quinzena do mês de março de 2011. As versões disponíveis são: Allure (com câmbio manual) R$ 59,5 mil; Allure (automático) R$ 64,5 mil; Feline (automático) R$ 74,9 mil e Griffe (automático) R$ 79,9. O novo modelo chega com 3 anos de garantia total; revisões com preços fixos e um canal de atendimento exclusivo para proprietários deste modelo.





Tags: