Com Zico no estádio, União mostra raça em empata com o Guarani de Campinas

Com a presença de Zico, nas tribunas do Estádio Engenheiro Lutero Lopes, o União foi espetacular na sua estreia na Copa do Brasil na noite de quarta-feira(16), contra o Guarani de Campinas. Perdeu o primeiro tempo por 4 a 1. Tudo levava a crer que o campeão mato-grossense iria se despedir da competição nacional. Mas …

17/02/2011 11:56



Com a presença de Zico, nas tribunas do Estádio Engenheiro Lutero Lopes, o União foi espetacular na sua estreia na Copa do Brasil na noite de quarta-feira(16), contra o Guarani de Campinas. Perdeu o primeiro tempo por 4 a 1. Tudo levava a crer que o campeão mato-grossense iria se despedir da competição nacional. Mas na fase complementar, com uma força incrível e a ajuda da inflamada torcida foi buscar o empate em 4 gols, resultado que leva a realização da segunda partida, no dia 23, em Campinas. Quem vencer passa para a próxima fase.

 Tudo levava a crer que o Guarani eliminaria o jogo de volta. A equipe paulista fez um excelente primeiro tempo e chegou a abrir – em duas oportunidades – três gols de vantagem sobre o União-MT, em duelo disputado nesta quarta-feira, na estreia da Copa do Brasil.

 O técnico Argel não poupou os titulares, e colocou em campo o que tinha de melhor diante do atual líder do Campeonato Mato-grossense. No início, a ‘tática’ deu certo, mas sua equipe foi surpreendida no segundo tempo e agora precisará enfrentar novamente o União, desta vez com sua torcida do lado, no estádio Brinco de Ouro da Princesa.
 O primeiro tempo do Guarani foi espetacular. Só não foi perfeito porque, entre os quatro gols marcados por Ronaldo, Marcos Denner, Dadá e Flávio, houve um gol do time anfitrião convertido por Ronaldo, este do União-MT. Porém, a etapa final no estádio Engenheiro Lutero Lopes foi totalmente diferente.
 Em menos de dez minutos, o Guarani levou dois gols (de Danilo Cruz e Maricá) e perdeu assim a chance de eliminar o jogo da volta. Para completar o péssimo segundo tempo, Maricá fez mais um, de falta, e deixou tudo igual em Rondonópolis

Local: Estádio Luthero Lopes, em Rondonópolis
 Árbitro: Marcos Mateus Pereira-MS
 Assistentes: Edmílson da Silva Rodrigues-MS e Leandro dos Santos Ruberdo-MS
 Cartões amarelos: Maricá, Goiano, Leandro Bocão (União Rondonópolis); Aislan, Rodrigo Heffner, Bruno Rangel e Aílson (Guarani)
 Gols: Ronaldo, a 1’/1T, Marcos Denner, aos 10’/1T, Dadá, aos 14’/1T e Flávio, aos 36’/1T (Guarani); Ronaldo, aos 27’/1T, Danilo Cruz, aos 9’/2T e Maricá, aos 10’/2T e 22’/2T (União Rondonópolis)
 União Rondonópolis
 Rafael Cordova; Maricá, Duda, Gabriel e Jorginho Paulista (Márcio Oliveira, depois Gilberto); Fabrício, Goiano, Romeu e Danilo Cruz; Ronaldo (Leandro Bocão) e Waguinho.
 Técnico: Everton Goiano
 Guarani
 Emerson; Rodrigo Heffner, Aislan, Aílson e Brida (Carlinhos); Rodrigo César, Ronaldo, Dadá e Marcos Denner (Márcio Guerreiro); Flávio (Bruno Rangel) e Raphael Aguiar.
 Técnico: Argel Fucks