Bomba caseira é deixada em frente a creche em MT

A Polícia Civil de Mato Grosso vai abrir inquérito para apurar a origem de uma bomba caseira encontrada na manhã desta terça-feira em frente a uma creche mantida pela Prefeitura de Pontes e Lacerda (400 km de Cuiabá). O artefato, construído com o cilindro de um extintor de incêndio, estava repleto de uma carga de …

23/02/2011 11:51



A Polícia Civil de Mato Grosso vai abrir inquérito para apurar a origem de uma bomba caseira encontrada na manhã desta terça-feira em frente a uma creche mantida pela Prefeitura de Pontes e Lacerda (400 km de Cuiabá).
O artefato, construído com o cilindro de um extintor de incêndio, estava repleto de uma carga de explosivos encontrados em fogos de artifício e tinha detonador e relógio.
Segundo a polícia, um guarda da instituição encontrou o pacote contendo a bomba caseira e, sem saber do que se tratava, o jogou em uma lata de lixo em frente à entrada da instituição.
Após uma ligação anônima para a direção da creche, agentes da Força Nacional de Segurança –que atuam na região da fronteira com a Bolívia– foram chamados para desativar o artefato. A instituição abriga 400 crianças com idades entre zero e seis anos.
Segundo o delegado regional José Emílio Gadioli, responsável pelas investigações, uma perícia vai determinar se o explosivo tinha ou não poder de causar dano. “À primeira vista, não me parece que tenha sido construído para explodir, e sim pelo efeito moral. O relógio e o detonador não estavam conectados.”
Gadioli disse que até o momento não há suspeitos.