Indústria quer que vinho nacional ganhe espaço entre brasileiros

A indústria quer fazer o vinho produzido no Brasil ganhar espaço entre os brasileiros. A concorrência é difícil, já que as importações cresceram quase 30% em 2010. As estratégias do setor foram debatidas nesta quarta, dia 23, em Brasília, na primeira reunião da Câmara Setorial este ano. Uma das intenções do governo, indústria e produtores …

24/02/2011 08:28



A indústria quer fazer o vinho produzido no Brasil ganhar espaço entre os brasileiros. A concorrência é difícil, já que as importações cresceram quase 30% em 2010. As estratégias do setor foram debatidas nesta quarta, dia 23, em Brasília, na primeira reunião da Câmara Setorial este ano.

Uma das intenções do governo, indústria e produtores é divulgar a bebida nacional. As exportações estão estagnadas e até diminuíram em 2010. A meta é dobrar o volume de negócios, superando os US$ 4 milhões. Outro foco é o mercado interno.

A cada garrafa de vinho brasileiro vendida no país, outras três são importadas. O setor quer mudar a situação e para isso aposta na qualidade do vinho nacional.

A principal estratégia é de dar ao consumidor brasileiro o conhecimento de que o Brasil melhorou muito a qualidade dos vinhos, porque ainda existe esse estigma, o brasileiro as vezes acha que tudo o que é importado é melhor – ressalta Arnaldo Passarin, Presidente da Câmara Setorial.

A safra de uva, que está sendo colhida, já apresenta crescimento de até 20%. E os preços também estão melhores: foram reajustados depois de quatro anos.

Os produtores estão recebendo o preço mínimo e muitas variedades acrescidas de ágio. As variedades que são preferidas nos mercado, em alguns casos 50% a mais do que o mínimo – informa Passarin.