Ecofuturo lança 7ª Edição do Concurso Cultural Ler é Preciso

Com o tema “Vamos Cuidar da Vida”, o Instituto Ecofuturo lança o 7º Concurso Cultural Ler e Escrever é Preciso. Cerca de 70 mil escolas, 6 mil bibliotecas públicas e comunitárias e 800 organizações sociais em todo o Brasil foram convidadas a ler, conversar e escrever sobre os cuidados com a vida, de forma alegre, …

18/03/2011 20:13



Com o tema “Vamos Cuidar da Vida”, o Instituto Ecofuturo lança o 7º Concurso Cultural Ler e Escrever é Preciso. Cerca de 70 mil escolas, 6 mil bibliotecas públicas e comunitárias e 800 organizações sociais em todo o Brasil foram convidadas a ler, conversar e escrever sobre os cuidados com a vida, de forma alegre, leve e inteligente. As inscrições estão abertas até 30 de junho e devem ser feitas pelo site.

A 7ª edição do projeto será realizada 100% via internet. Além do passo a passo sobre como participar, no site do Concurso também há a Biblioteca Virtual, espaço com diversos materiais de referência, que conta com publicações inéditas, produzidas especialmente para o Concurso, como as obras Fazendo Mágica com as Palavras e Cuidados com a Vida, além de materiais para orientação, como o Livro do Professor.

Com pesquisa e texto produzidos pela educadora Maria Betânia Ferreira, o Livro do Professor contextualiza como o tema do Concurso pode ser tratado de forma atraente, intensa e criativa em cada uma das categorias previstas, tudo pensado de forma muito cuidadosa, respeitando as características dos tipos diferenciados de público, seus desafios, necessidade e as facilidades de cada faixa etária.

Para contribuir com o clima de entrosamento em sala de aula, a escritora Heloisa Prieto foi convidada a resgatar o sentido de cuidado presente nas redações premiadas nos seis Concursos anteriores para compor o livro “Fazendo mágica com as palavras”: um material inédito e precioso para o professor, pois lá estão depoimentos sobre o que sentem e como se expressam as atuais gerações.

A publicação “Cuidados com a vida” foi idealizada para oferecer amplitude de reflexão sobre o tema aos participantes: 20 escritores e personalidades que fazem a diferença foram convidados a escrever sobre como o cuidado está presente em suas vidas pessoais e profissionais. Nesse livro, o rabino Nilton Bonder, a chef de cozinha Carla Pernambuco, o neonatologista Carlos Eduardo Ferreira, o filósofo Mario Sergio Cortella, a psicóloga, publicitária e deputada federal Mara Gabrilli, o astrólogo Osmar Quiroga, o velejador Lars Grael e muitos outros contribuem com a percepção sobre as diversas formas de cuidado que podemos ter com a nossa vida, a vida do outro e a vida do planeta. 

A proposta do Ecofuturo é promover o pensamento, o bate-papo e ouvir, de fonte direta, o que pensam crianças, jovens e adultos sobre os cuidados com a vida, partindo do princípio de que somos coautores de tudo o que ocorre ao nosso redor e, portanto, de uma vida melhor, sustentável e mais gentil: coisa que se faz no dia-a-dia e no detalhe de cada gesto.

Categorias e gêneros de texto

Na 7ª edição do Concurso podem participar crianças e jovens que estiverem cursando séries do ensino fundamental I, ensino fundamental II e ensino médio, estudantes das Escolas de Jovens e Adultos (EJA), professores e, pela primeira vez, profissionais de biblioteca e educadores sociais.

Para esta edição, a primeira totalmente realizada em ambiente virtual, a expectativa é atingir milhares de pessoas em todo o Brasil. Na última edição, realizada em 2007, cerca de 550 mil alunos foram impactados e 30 mil redações foram recebidas. Os 60 melhores textos, junto com 600 pérolas (fragmentos de texto que tocam o leitor) foram publicados no livro “Inventário do que Podia Ser Bem Melhor e Será o Melhor Lugar do Mundo”. Esta e todas as demais publicações realizadas pelo projeto estão disponíveis para consulta e download no site www.ecofuturo/concursocultural.

Seleção dos textos e premiação

Um grupo seleto de jurados, formado por especialistas de diversas áreas de atuação profissional e formação, analisará os materiais que chegarem ao Ecofuturo na busca dos textos que mais brilharam em originalidade e criatividade. Trata-se de um olhar gentil que procurará salientar os textos que desvelam um pouquinho da própria essência de seu autor.

Os autores das 60 redações que melhor se expressarem sobre os cuidados com a vida ganharão uma coleção de clássicos da literatura, além de receberem certificado, troféu e terem seus textos publicados em livro, a ser lançado pelo Instituto Ecofuturo. Os três primeiros colocados de cada categoria também ganharão um notebook. Os vencedores serão conhecidos durante evento cultural que acontecerá em São Paulo.

Inscrições

As inscrições poderão ser feitas até 30 de junho somente pelo site.

Patrocinadores e Parceiros

O Concurso Cultural Ler e Escrever é Preciso é realizado pelo Instituto Ecofuturo e conta o patrocínio da Suzano Papel e Celulose, apoio do Ministério da Cultura, por meio da lei de incentivo à cultura, da EKA Chemicals, White Martins e Eternit.

A iniciativa conta com a parceria institucional da Associação Nacional de Jornais (ANJ) e da Organização dos Estados Ibero Americanos e com outros parceiros como: FUNAP – Fundação Manoel Pedro Pimentel; Fundação Bradesco; Aliança Pela Infância; Alfabetização Solidária; IDE – Instituto de Desenvolvimento da Educação; Editora Paulus; Instituto C&A; Todos pela Educação; Centro de Voluntariado de São Paulo; Fundação Gol de Letra; Plano de Mobilização Social do Ministério da Educação e Ministério do Desenvolvimento Social.

Sobre o Instituto Ecofuturo

O Instituto Ecofuturo é uma organização social de interesse público criada e mantida pela Suzano desde 1999. Para o Ecofuturo, a palavra é a ponte para a sustentabilidade, por isso, investe no Programa Ler é Preciso, por meio do qual promove a leitura e a escrita entre crianças, jovens e adultos em nível nacional. Também realiza projetos que promovem o desenvolvimento de práticas de gestão sustentável em reservas naturais e centros urbanos, como o Parque das Neblinas e o Programa Investimento Reciclável (PIR).