Produtores dizem que não vai faltar álcool no País

Durante reunião no Ministério da Fazenda, da qual participaram os ministros Guido Mantega e Edson Lobão (Minas e Energia), os produtores afirmaram que estão antecipando a colheita da cana para que o mercado esteja plenamente abastecido. “A colheita e produção já começaram e em abril se intensificarão. Em alguns locais, ainda há muita chuva, mas …

19/03/2011 16:01



Durante reunião no Ministério da Fazenda, da qual participaram os ministros Guido Mantega e Edson Lobão (Minas e Energia), os produtores afirmaram que estão antecipando a colheita da cana para que o mercado esteja plenamente abastecido.

“A colheita e produção já começaram e em abril se intensificarão. Em alguns locais, ainda há muita chuva, mas em outros, principalmente no Nordeste, o processo já começou”, disse Lobão após o encontro. Segundo Lobão, os distribuidores estão fazendo a calibragem dos estoques, mas a necessidade de importação de etanol “estaria ficando mais distante”. “Na bomba, não faltará. É isso que importa para o consumidor.” O ministro também disse que, neste momento, o governo não pensa em alterar a mistura na gasolina.

O presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), Marcos Sawaya Jank, admitiu que a possibilidade de desabastecimento existe, mas é improvável. “Não vemos o risco neste momento. Mas a hipótese existe, porque depende do clima”, afirmou, ao deixar a reunião.