Chuvas serão intensas até a 2ª-feira

Para quem está se sentindo desconfortável com o volume de chuvas dos últimos dias na Grande Cuiabá as notícias meteorológicas não são boas. Chuva intensa, muito sol e calor são as previsões climáticas para os próximos seis dias na Capital e em Várzea Grande. Até a próxima segunda-feira deve chover forte, com possibilidade de trovoadas, …

30/03/2011 08:09



Para quem está se sentindo desconfortável com o volume de chuvas dos últimos dias na Grande Cuiabá as notícias meteorológicas não são boas. Chuva intensa, muito sol e calor são as previsões climáticas para os próximos seis dias na Capital e em Várzea Grande.

Até a próxima segunda-feira deve chover forte, com possibilidade de trovoadas, todos os dias nas duas maiores cidades do Estado. A probabilidade de chuva é de 80% no período, conforme o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec) do Instituto de Pesquisas Espaciais.

No meio da tarde de ontem uma chuva forte caiu sobre Cuiabá e, mais uma vez, alagou as ruas centrais e deixou o trânsito lento. A partir do dia 10 de abril, a chuvas, a exemplo dos anos anteriores, devem se tornar esporádicas.

A professora Maria Luiz Teixeira Alves, 45 anos, contou que passou mais de 40 minutos sob a cobertura de uma parada de ônibus porque não conseguia chegar ao estacionamento onde estava seu carro. A rede fluvial não suportou o volume da enxurrada de ontem, que encobriu o meio-fio e invadiu a calçada.

Ano passado, por exemplo, as chuvas foram frequentes até o dia 10 de abril, segundo leitura diária das estações climatológicas do 9º Distrito de Meteorologia, em Várzea Grande. No dia 1º de abril, o Departamento de Meteorologia registrou um temporal de poucos minutos que deixou as ruas com uma lâmina d’água de 50,1 milímetros.

Após essa data a população cuiabana começou a enfrentar dias mais secos, com finas e raras garoas, com exceção do dia 24 de maio, quando chove 11 milímetros.

Neste ano, porém, as precipitações estão sendo mais intensas. Em março, que ainda nem terminou, a média de chuva já ultrapassou a prevista para o mês, que é de 169,5 mm, isso até o último dia 24, quando já havia chovido 209,3 mm em Mato Grosso.

AEROPORTO – No meio da tarde de ontem, parte do forro da sala de desembarque desabou sobre um homem que acabara de chegar a Várzea Grande, pela primeira vez, e alugava um carro da Localiza Rent A Car.

Priscila Barros, que atendia o visitante, contou que todos se assustaram muito quando a estrutura caiu. Felizmente, o homem estava de boné e não chegou a sofrer corte.

Mas o problema não aconteceu em função das chuvas. No momento da queda funcionários de uma empresa de manutenção de ar-condicionado faziam reparos no aparelho que há dias gotejava sem parar. Supõe-se que uma infiltração tenha causado o acidente.

fonte: Diario de Cuiabá