Brasil e Noruega anunciam plano de ação para avanços no setor pesqueiro

O encontro entre Brasil-Noruega, realizado em Manaus, deu o pontapé para o desenvolvimento da atividade pesqueira e aquícola entre os dois países. A embaixadora da Noruega, Tured Euzébio, reforçou a importância do Brasil nos investimentos do país, com destaque para as ações de desenvolvimento sustentável. A aquicultura representa a geração de alimentos saudáveis, e isto …

05/04/2011 10:26



O encontro entre Brasil-Noruega, realizado em Manaus, deu o pontapé para o desenvolvimento da atividade pesqueira e aquícola entre os dois países. A embaixadora da Noruega, Tured Euzébio, reforçou a importância do Brasil nos investimentos do país, com destaque para as ações de desenvolvimento sustentável.

A aquicultura representa a geração de alimentos saudáveis, e isto é de interesse do nosso país e de todo o mundo. E foi por esta atenção especial que reunimos neste encontro em Manaus os principais nomes e os mais reconhecidos neste segmento econômico – disse Tured.

Tureb lembrou: há 101 anos foi criado o ministério da Pesca da Noruega e, hoje, o país cresce no segmento da aquicultura, acompanhando a tendência mundial. A aquicultura se desponta, com representatividade significativa: dos R$ 16 bilhões negociados em 2010, a produção aquícola ocupa 62% desta parcela comercializada pela Noruega.

Pesquisa e tecnologia

Para a ministra brasileira da Pesca, Ideli Salvatti, além de ampliar as parcerias com o governo norueguês, o país quer aproveitar a experiência do país em pesquisa e tecnologia na produção de pescado. Os noruegueses já têm percepção da importância do Brasil organizar este arranjo econômico, em especial, a aquicultura brasileira