Interesses inconfessáveis e o circo da inflação

Antes de comentar o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado pelo IBGE, registro com satisfação o recado do ministro da Fazenda, Guido Mantega: a inflação no país está desacelerando e abaixo das expectativas do mercado. Registro com a intenção de tornar menor o susto de todo e qualquer cidadão que abre os jornais …

07/05/2011 14:40



Antes de comentar o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado pelo IBGE, registro com satisfação o recado do ministro da Fazenda, Guido Mantega: a inflação no país está desacelerando e abaixo das expectativas do mercado.

Registro com a intenção de tornar menor o susto de todo e qualquer cidadão que abre os jornais hoje e se depara com o circo feito com os índices inflacionários registrados no mês passado e com o acumulado dos últimos 12 meses. Pelo tamanho do escândalo criado, fica uma impressão absolutamente equivocada da realidade.

Vamos aos dados: o índice do IBGE mostra que estamos apenas 0,1% acima da banda prevista pelo governo. Nossa meta, vocês sabem, é de 4,5%. A tolerância (margem de segurança chamada banda) é de dois pontos, portanto, 6,5%. O índice da inflação no país acumulado nos últimos 12 meses é de 6,51%.

Claro que toda atenção é necessária e o governo, seus ministros e entidades já declararam seu compromisso permanente no combate à inflação e tomaram medidas que estão dando resultado sim senhor!

fonte:Correio do Brasil