Riva quer finalização das obras do Memorial Rondon

Localizada no distrito de Mimoso, terras de Santo Antônio de Leverger, a estrutura metálica que hoje deveria ser o Memorial Rondon, homenagem ao Marechal Cândido Rondon, patrono das Comunicações no Brasil, está em completo abandono há mais de dez anos e isto intriga familiares, lideranças comunitárias e políticas, que querem a finalização do espaço turístico …

13/05/2011 13:03



Localizada no distrito de Mimoso, terras de Santo Antônio de Leverger, a estrutura metálica que hoje deveria ser o Memorial Rondon, homenagem ao Marechal Cândido Rondon, patrono das Comunicações no Brasil, está em completo abandono há mais de dez anos e isto intriga familiares, lideranças comunitárias e políticas, que querem a finalização do espaço turístico cultural.

É o caso do deputado José Riva (PP), presidente da Assembleia de Mato Grosso, que reclama ao Governo do Estado a continuidade da obra. Nesse sentido, o parlamentar enviou solicitação ao governador Silval Barbosa (PMDB) e ao secretário José Lacerda, da Casa Civil.

Outro líder preocupado com a questão é o prefeito de Santo Antônio, Ugo da Conceição Padilha, ao relatar o prosseguimento das obras como vital para aquecer a economia local. “Há anos as obras encontram-se paradas. Seu término é de grande importância para Mimoso. Isto porque, abre-se a possibilidade de alavancar o turismo e o aumento da oferta de emprego e renda”, sustentou Padilha.

Inacabada, a estrutura já consumiu quase R$ 1 milhão dos cofres públicos. Os últimos investimentos, como piso e rede elétrica, datam de 2006. O memorial faz parte da lista dos atrativos da Copa de 2014 e seu estado atual preocupa, pois com o tempo surgiram alguns problemas físicos.

“Tendo em vista o reconhecimento nacional e internacional das ações desenvolvidas pelo mato-grossense Cândido Mariano da Silva Rondon, este memorial não pode virar um elefante branco. Sua importância social, econômica e cultural para Mato Grosso é mais que justificável”, assinala Riva na indicação aprovada pelos deputados estaduais.

Fonte: Assessoria