Sob influência de Riva, 70 progressistas devem migrar para PSD

No segundo mandato na Câmara, Cida foi eleita em 2004 pelo extinto PFL, atual DEM, com 474 votos. Quatro anos depois, ela conquistou a reeleição ao obter 457 votos. Nos dois pleitos, ela assegurou a vaga pela média, feita com base no coeficente eleitoral de cada coligação. Apesar de chegar à presidência sigla em Juara …

22/05/2011 09:08



No segundo mandato na Câmara, Cida foi eleita em 2004 pelo extinto PFL, atual DEM, com 474 votos. Quatro anos depois, ela conquistou a reeleição ao obter 457 votos. Nos dois pleitos, ela assegurou a vaga pela média, feita com base no coeficente eleitoral de cada coligação.

Apesar de chegar à presidência sigla em Juara pelas mãos de Riva, a vereadora nega o interesse em seguir os passos do “cacique” político da região, mas não descarta a possibilidade de também assinar a ficha de filiação no PSD. “É uma hipótese remota, por enquanto, não tenho intenção alguma em sair do PP até mesmo por uma questão de espaço. Praticamente montei e estruturei o partido na cidade”, sustenta.

Segundo ela, o PP tinha 160 filiados em Juara há quatro anos, quando assumiu o diretório. Atualmente, há 468. Cida afirma que ainda não conversou com Riva sobre a situação dos progressistas no município. “Antes de assumir a presidência do PSD, ele não pediu reunião com os filiados, estou conversando aos poucos com cada um”, aponta.

Além dela, o PP é representado na Câmara pelo vereador Reinaldo Mariano. Ele e o prefeito Alcir Paulino, cunhado do ex-gestor do município por dois mandatos, Priminho Riva, que, por sua vez, é irmão de José Riva, devem migrar para o PSD, mas ainda não comunicaram oficialmente a decisão ao diretório do PP. “Acredito que 70 filiados, mais o vereador Reinaldo e o prefeito Alcir, devam deixar a legenda para ingressar no PSD”, avalia Cida.

Cidade do presidente da Assembleia e presidente interino da comissão do PSD em Mato Grosso, José Riva, Juara deverá contar com aproximadamente 70 membros no recém-criado PSD, que tem o parlamentar como principal articulador da migração de lideranças políticas para a nova legenda. A estimativa é da presidente do PP no município, vereadora Aparecida Pereira da Silva Felix, a Cida Felix, que faz o cálculo com base no número de progressistas que prometem desfiliar do partido rumo ao PSD.

fonte: Rd News