Ferrovia Centro-Oeste trará melhorias na infraestrutura de transportes em Mato Grosso

Como parte da política de desenvolvimento no Estado, inclusa no Plano de Governo, Mato Grosso vem recebendo cada vez mais investimentos na área da infraestrutura de transporte. Neste sábado (28.05), o presidente da empresa pública Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S/A, José Francisco das Neves, anunciou o lançamento do edital de construção da Ferrovia Centro-Oeste …

28/05/2011 17:10



Como parte da política de desenvolvimento no Estado, inclusa no Plano de Governo, Mato Grosso vem recebendo cada vez mais investimentos na área da infraestrutura de transporte. Neste sábado (28.05), o presidente da empresa pública Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S/A, José Francisco das Neves, anunciou o lançamento do edital de construção da Ferrovia Centro-Oeste (Fico), no trecho que liga os municípios de Campinorte, no Estado de Goiás, a Água Boa. O anúncio foi feito durante do Encontro Nacional de Tecnologia de Safras (Entec$), realizado no município de Lucas do Rio Verde (a 354 km ao Norte de Cuiabá). O evento reúne produtores, empresários, autoridades e pesquisadores para debater sobre os avanços tecnológicos no agronegócio.
Segundo o presidente da Valec, o edital para a construção da Ferrovia, que prevê a conclusão do trecho de 430 Km, está previsto para o final de junho. A construção deve começar no início de 2012, com previsão de conclusão de todo o trecho até Lucas do Rio Verde, totalizando 1040 Km, em 2014. Concluída toda a primeira etapa, a Ferrovia passará pelos municípios de Cocalinho, Nova Nazaré, Água Boa, Canarana, Gaúcha do Norte, Paranatinga, Nova Ubiratã e Sorriso, até chegar a Lucas. A segunda etapa da Ferrovia Centro-Oeste segue até o município de Vilhena (RO). O total de investimentos do Governo Federal, é de R$ 4,1 bilhões para a primeira etapa, e R$ 2,3 bilhões para o trecho Lucas-Vilhena.
“O Governo Federal tem trabalhado para a construção desta que é uma obra muito importante para todo o país. A ferrovia em Mato Grosso reduzirá os custos de transporte e trará melhorias e avanços para o Estado”, destacou o presidente da Valec, José Francisco das Neves.
O secretário extraordinário de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transportes, Francisco Vuolo, destacou que a articulação política do Governo do Estado foi fundamental para a implantação da ferrovia em Mato Grosso. “A Gestão vem articulando ações para trazer cada vez mais oportunidades que contribuam para o desenvolvimento no Estado. Tanto a Ferronorte como a Ferrovia Centro-Oeste são de extrema importância para Mato Grosso”, ressaltou.
O prefeito de Lucas do Rio Verde afirmou que a chegada da ferrovia ao município é motivo de alegria. “Sabemos dos benefícios que a ferrovia trará ao municípios, e agradecemos a iniciativa do Governo Federal e do Estado”, disse.
Vuolo destacou ainda que, no próximo dia 20 de junho, o presidente da Valec retornará a Cuiabá para conversar com o governador do Estado, Silval Barbosa, com o objetivo de tratar especificamente da ferrovia Vicente Vuolo. Na oportunidade também será debatido o detalhamento da construção do trecho entre Rondonópolis e Cuiabá. No último dia 18 de maio, o Governo do Estado e a Valec assinaram um termo de cooperação junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre para a conclusão do trecho.
Também estiveram presentes no evento, o prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino José Franz, o deputado Neri Geller, o senador Blairo Maggi, o secretário de Ciência e Tecnologia, Eliene Lima, o presidente da Assembleia Legislativa, José Riva, o presidente do Denit, Luis Antonio Pagot, e demais autoridades.

Como parte da política de desenvolvimento no Estado, inclusa no Plano de Governo, Mato Grosso vem recebendo cada vez mais investimentos na área da infraestrutura de transporte. Neste sábado (28.05), o presidente da empresa pública Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S/A, José Francisco das Neves, anunciou o lançamento do edital de construção da Ferrovia Centro-Oeste (Fico), no trecho que liga os municípios de Campinorte, no Estado de Goiás, a Água Boa. O anúncio foi feito durante do Encontro Nacional de Tecnologia de Safras (Entec$), realizado no município de Lucas do Rio Verde (a 354 km ao Norte de Cuiabá). O evento reúne produtores, empresários, autoridades e pesquisadores para debater sobre os avanços tecnológicos no agronegócio.
Segundo o presidente da Valec, o edital para a construção da Ferrovia, que prevê a conclusão do trecho de 430 Km, está previsto para o final de junho. A construção deve começar no início de 2012, com previsão de conclusão de todo o trecho até Lucas do Rio Verde, totalizando 1040 Km, em 2014. Concluída toda a primeira etapa, a Ferrovia passará pelos municípios de Cocalinho, Nova Nazaré, Água Boa, Canarana, Gaúcha do Norte, Paranatinga, Nova Ubiratã e Sorriso, até chegar a Lucas. A segunda etapa da Ferrovia Centro-Oeste segue até o município de Vilhena (RO). O total de investimentos do Governo Federal, é de R$ 4,1 bilhões para a primeira etapa, e R$ 2,3 bilhões para o trecho Lucas-Vilhena.
“O Governo Federal tem trabalhado para a construção desta que é uma obra muito importante para todo o país. A ferrovia em Mato Grosso reduzirá os custos de transporte e trará melhorias e avanços para o Estado”, destacou o presidente da Valec, José Francisco das Neves.
O secretário extraordinário de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transportes, Francisco Vuolo, destacou que a articulação política do Governo do Estado foi fundamental para a implantação da ferrovia em Mato Grosso. “A Gestão vem articulando ações para trazer cada vez mais oportunidades que contribuam para o desenvolvimento no Estado. Tanto a Ferronorte como a Ferrovia Centro-Oeste são de extrema importância para Mato Grosso”, ressaltou.
O prefeito de Lucas do Rio Verde afirmou que a chegada da ferrovia ao município é motivo de alegria. “Sabemos dos benefícios que a ferrovia trará ao municípios, e agradecemos a iniciativa do Governo Federal e do Estado”, disse.
Vuolo destacou ainda que, no próximo dia 20 de junho, o presidente da Valec retornará a Cuiabá para conversar com o governador do Estado, Silval Barbosa, com o objetivo de tratar especificamente da ferrovia Vicente Vuolo. Na oportunidade também será debatido o detalhamento da construção do trecho entre Rondonópolis e Cuiabá. No último dia 18 de maio, o Governo do Estado e a Valec assinaram um termo de cooperação junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre para a conclusão do trecho.
Também estiveram presentes no evento, o prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino José Franz, o deputado Neri Geller, o senador Blairo Maggi, o secretário de Ciência e Tecnologia, Eliene Lima, o presidente da Assembleia Legislativa, José Riva, o presidente do Denit, Luis Antonio Pagot, e demais autoridades.

fonte: Secom/MT





Tags: