Cia de MT é selecionada para maior festival de dança do mundo

Mato Grosso estará presente nos palcos da 29ª edição do Festival de Dança de Joinville, o maior do mundo em número de participantes, segundo o Guinness Book. A Companhia Giselle Moreno, de Cuiabá, foi selecionada para se apresentar nos Palcos Abertos do evento, realizado de 20 a 30 de julho de 2011 na cidade catarinense. …

29/05/2011 08:15



Mato Grosso estará presente nos palcos da 29ª edição do Festival de Dança de Joinville, o maior do mundo em número de participantes, segundo o Guinness Book. A Companhia Giselle Moreno, de Cuiabá, foi selecionada para se apresentar nos Palcos Abertos do evento, realizado de 20 a 30 de julho de 2011 na cidade catarinense.

Há anos o festival não contava com a participação de nenhuma companhia mato-grossense. “Estou muito feliz. Isso significa reconhecimento do nosso trabalho e também a oportunidade de mostrar a Cia para todo o país”, diz Giselle Moreno, diretora, coreógrafa e -ainda- bailarina da companhia, além de proprietária de um espaço de artes que leva seu nome, no bairro Boa Esperança.

O grupo foi criado há apenas dois anos e quatro meses e já garantiu exposição na maior vitrine da dança brasileira. Joinville é o único lugar do mundo a ter uma extensão estrangeira da escola russa Bolshoi.

No total, 1001 coreografias de 21 Estados, Distrito Federal e três países foram selecionadas para participar do evento. Bastante animada, Giselle espera que esta seja a primeira de muitas participações no festival, e ressalta que todas as companhias de dança trabalham com muito empenho na expectativa de serem selecionadas.

“Que a nossa participação sirva para mostrar que Mato Grosso também tem trabalho na área da dança para mostrar, que aqui isso também pode ser feito bem”, afirma a diretora. Além disso, a animação da companhia estende-se à oportunidade única de participar de diversas oficinas e cursos, conhecer companhias de outros estados e países e trazer coisas novas para o grupo. “A grande oportunidade é agregar conhecimento para a companhia, aprender muitas coisas novas”, completa Giselle.

fonte: 24 Hs News





Tags:
Cultura