Mantega afirma que economia cresce em ritmo mais moderado, mas sem perder vitalidade

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, considerou “muito positivo” o crescimento de 1,3% do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre deste ano. Segundo ele, o resultado demonstra que a economia brasileira “mantém a vitalidade dos últimos anos” e, ao mesmo tempo, reage como o previsto às medidas do governo para conter a inflação. “Reflete …

03/06/2011 14:38



O ministro da Fazenda, Guido Mantega, considerou “muito positivo” o crescimento de 1,3% do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre deste ano. Segundo ele, o resultado demonstra que a economia brasileira “mantém a vitalidade dos últimos anos” e, ao mesmo tempo, reage como o previsto às medidas do governo para conter a inflação. “Reflete uma acomodação da economia brasileira aos ajustes que nós fizemos”, ressaltou em entrevista coletiva no final da manhã de hoje (3).

Mantega destacou que as despesas de consumo, por exemplo, expandiram-se em uma velocidade menor do que o restante da economia, 0,6% de janeiro a março e as despesas do governo, 0,8%. “É importante que as despesas do governo tenham crescido menos do que o PIB.”

Entre as medidas adotadas pelo governo, ele destacou as de contenção do crédito como as que mais contribuíram para o resultado. Mantega adiantou que, no primeiro quadrimestre – de janeiro a abril –, a expansão do crédito deverá ser em torno de 13% – menor que o  registrado no primeiro trimestre, 20%.

Com isso, o ministro acredita que o aumento de preços deverá ocorrer em uma velocidade menor durante os próximos meses. “A tendência é a acomodação da inflação em um patamar mais baixo até o final do ano.”

De acordo com Mantega, os indicadores atuais já demonstram redução da inflação.

Para o segundo trimestre, o ministro espera um crescimento do PIB anualizado de cerca de 4,5%, o resultado do primeiro trimestre anualizado foi de aproximadamente 5,5%. “Estamos caminhando para o crescimento mais moderado, que é sustentável no Brasil.”

Fonte:Agencia Brasil