Riva intervém e governo garante asfalto à MT-338

O Vale do Arinos vai receber novos investimentos. Desta vez, a sonhada pavimentação asfáltica da MT-338, conhecida como ‘Estrada da Baiana’, uma das principais via de escoamento da produção da região noroeste de Mato Grosso, vai receber asfalto em 37 quilômetros, ainda neste ano, dos 160 km que faltam. A expectativa é que o restante …

15/06/2011 11:12



O Vale do Arinos vai receber novos investimentos. Desta vez, a sonhada pavimentação asfáltica da MT-338, conhecida como ‘Estrada da Baiana’, uma das principais via de escoamento da produção da região noroeste de Mato Grosso, vai receber asfalto em 37 quilômetros, ainda neste ano, dos 160 km que faltam. A expectativa é que o restante seja asfaltado até 2013.A garantia foi dada pelo governador Silval Barbosa durante reunião intermediada pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Riva (PP). Realizada no Palácio Paiaguás nesta terça-feira (14), contou com as presenças dos prefeitos Alcir Paulino (Juara), Milton Geller (Tapurah), Vanderley Proenço (Itanhangá) e José Nilton (Novo Horizonte do Norte), além de produtores da região e do presidente do Consórcio Estrada da Baiana, Dirceu Oliveira dos Santos.

Uma luta antiga do deputado municipalista Riva, a iniciativa vai fomentar o desenvolvimento da região, por aproximar os municípios melhorando a qualidade de vida dos seus moradores, que no período chuvoso demoram até 10 horas para percorrer 150 quilômetros. Com o advento do asfalto esse percurso será muito mais rápido, barateando inclusive o frete dos produtos que aquecem a economia local: grãos, calcário, adubos, implementos agrícolas, sal mineral, bovinos, indústria moveleira e da madeira.

Além disso, essa rodovia é uma das mais antigas da região e a principal via que liga Cuiabá a Juara (700 km de distância), que poderão ser diminuídos em 100 km, já que atualmente, parte do percurso é feito pela BR-170. “É um sonho antigo da população que há 30 anos espera pelo asfalto. E mesmo expondo as dificuldades financeiras do estado, o governador garantiu a execução das obras”, disse Riva. A rodovia também vai reestruturar os municípios de Itanhangá e Tapurah com o aumento do fluxo de veículos nessa estrada.

As obras, que devem começar imediatamente, serão feitas por meio de parcerias do estado com produtores e prefeituras. São aproximadamente 160 km para serem asfaltados, o governo assegurou asfaltar 15 quilômetros interligando Novo Paraná a Tapurah e mais 22 quilômetros da comunidade Ana Terra até o Córrego Artur Borges, na divisa de Tapurah com Itanhangá.

O presidente do consórcio, Dirceu Santos, relatou as dificuldades enfrentadas e o trabalho de Riva pela consolidação dessa rodovia com a mobilização do setor produtivo e lideranças da região. E justifica que o objetivo é asfaltar totalmente a rodovia. “Riva sempre foi o elo de ligação do Vale do Arinos com o Governo, mostrando a importância de os produtores serem ouvidos . Os 37 quilômetros representam a redenção da nossa região, graças ao incansável trabalho do presidente Riva”, disse.

A contrapartida dos produtores é de 20% do total das obras. Para o prefeito de Juara, Alcir Paulino (PP), esse momento é histórico à região que clama por asfalto há muito tempo. “É uma ação fundamental à região que terá condições de atrair novos empreendimentos na região, fomentando a geração de emprego e renda”.

O prefeito Geller (PSDB) disse que a ação significa um grande avanço, “pois estamos aumentando nossa produção a cada dia, e precisamos de infraestrutura para transportes. Isso mostra o compromisso que o governo tem com a região, que é uma área muito importante para Mato Grosso”, afirmou.

Da mesma forma, o prefeito de Itanhangá, Vanderley Proenço (DEM), destacou o benefício que vai agregar à agricultura familiar, facilitando o escoamento da produção. “A partir de agora começa a ação do governo com os deputados para efetivar o sonho da população da região Noroeste”, comemorou.

Fonte:AL/MT