Estudo: cigarro aumenta chance de morte por câncer de próstata

Os fumantes com diagnóstico de câncer de próstata correm mais risco de desenvolver tumores agressivos e maior probabilidade de morrer da doença do que os não fumantes, de acordo com pesquisa divulgada na terça-feira nos Estados Unidos. Os homens que fumavam na época do diagnóstico demonstraram ter 61% mais chances de morrer por causa do …

23/06/2011 09:40



Os fumantes com diagnóstico de câncer de próstata correm mais risco de desenvolver tumores agressivos e maior probabilidade de morrer da doença do que os não fumantes, de acordo com pesquisa divulgada na terça-feira nos Estados Unidos. Os homens que fumavam na época do diagnóstico demonstraram ter 61% mais chances de morrer por causa do câncer de próstata e 61% mais chances de o câncer voltar em comparação com os que nunca fumaram, afirmaram os cientistas da Faculdade de Saúde Pública da Universidade da Califórnia em San Francisco.

Além disso, ex-fumantes que abandonaram o hábito 10 anos ou mais antes de serem diagnosticados com câncer de próstata demonstraram ter um risco de recorrência e de morte similar aos homens que nunca fumaram. “Estes dados são estimulantes porque há poucos caminhos conhecidos para que um homem reduza o risco de morrer de câncer de próstata”, disse um dos autores do estudo, Edward Giovannucci, professor de nutrição e epidemiologia de Harvard.

“Para os fumantes, deixar (o hábito) pode reduzir o risco de morrer de câncer de próstata. É outra razão para não fumar”, acrescentou. A pesquisa examinou 5.366 homens diagnosticados com câncer de próstata entre 1986 e 2006. Durante este período, registrou 1.630 mortes, 524 (32%) devido ao câncer de próstata e 416 (26%) de doença cardíaca.

 fonte: Terra