OAB: 15% das faculdades não aprovam nenhum aluno

Das 610 instituições de ensino que participaram do último exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), 90 não tiveram nenhum aluno aprovado. Todas elas são particulares. Na prova realizada em dezembro de 2010, só 9,74% dos inscritos foram aprovados, o que caracterizou um índice recorde de reprovação. O exame é necessário para que os …

06/07/2011 00:02



Das 610 instituições de ensino que participaram do último exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), 90 não tiveram nenhum aluno aprovado. Todas elas são particulares.

Na prova realizada em dezembro de 2010, só 9,74% dos inscritos foram aprovados, o que caracterizou um índice recorde de reprovação. O exame é necessário para que os bacharéis em direito trabalhem como advogados.

Segundo a OAB, as 20 melhores faculdades públicas aprovam, em média, entre 70% e 90% de seus candidatos inscritos. Já as 20 piores instituições particulares conseguem aprovar apenas entre 3% e 5% de seus alunos.

O presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcante, criticou o excesso de cursos e afirmou que algumas instituições têm cometido “um verdadeiro estelionato educacional” contra os estudantes. A entidade vai pedir que o Ministério da Educação coloque as faculdades que “zeraram” no exame em regime de supervisão, primeiro passo para o fechamento dos cursos. Desde 2007, o MEC suspendeu 34 mil vagas em cursos de direito.

Fonte:Destakjornal