Nasa coloca em órbita “posto de gasolina espacial”

O satélite Robotic Refueling Mission (RRM), que servirá para abastecer as naves espaciais, foi lançado ao espaço a bordo do ônibus espacial da Nasa Atlantis, no domingo, dia 10 de julho. De acordo com a Nasa, nesta terça-feira, os astronautas a bordo do ônibus espacial acoplaram o satélite na Estação Espacial Internacional. Este satélite consiste …

14/07/2011 10:32



O satélite Robotic Refueling Mission (RRM), que servirá para abastecer as naves espaciais, foi lançado ao espaço a bordo do ônibus espacial da Nasa Atlantis, no domingo, dia 10 de julho. De acordo com a Nasa, nesta terça-feira, os astronautas a bordo do ônibus espacial acoplaram o satélite na Estação Espacial Internacional. Este satélite consiste em um sistema robótico que irá fornecer reabastecimento e pequenos reparos para naves já em órbita.

Segundo o TG Daily, usando o posto de gasolina robótico, os astronautas não serão obrigados a fazer todos os reparos necessários nas espaçonaves, fazendo as agências espaciais pouparem milhões de dólares e prolongando o tempo humano de permanência em órbita.

Embora seja considerado um experimento, o RRM é um importante teste também para o sistema de reparo do próprio satélite, batizado de Dextre. Dextre é um robô de dois braços, responsável pelo reabastecimento e por completar pequenos reparos nos mecanismo do RRM.

Caso o RRM realmente consiga reabastecer ônibus espaciais e realizar reparos menores, não irá apenas reduzir os custos, mas também permitirá viagens espaciais prolongadas e o conserto de tipos diferentes de satélites mesmo em órbita, algo que não era possível anteriormente. Se os testes demonstrem que os robôs controlados remotamente podem executar tarefas de reabastecimento em órbita, usando os comandos enviados a partir de controladores na Terra, será possível estabelecer as bases para futuras missões de manutenção robótica.

fonte: Terra