Umidade fica abaixo de 30% nos próximos dias

A Defesa Civil divulgou um aviso meteorológico, alertando que a umidade relativa do ar em Mato Grosso estará abaixo de 30% nos próximos dias. Na tarde de ontem, segundo dados do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), a umidade estava em torno de 25% em Cuiabá. De acordo com a tabela de …

14/07/2011 10:58



A Defesa Civil divulgou um aviso meteorológico, alertando que a umidade relativa do ar em Mato Grosso estará abaixo de 30% nos próximos dias. Na tarde de ontem, segundo dados do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), a umidade estava em torno de 25% em Cuiabá.

De acordo com a tabela de referência da Defesa Civil, a umidade relativa ideal gira entre 30% e 60%. A situação atual de Mato Grosso é considerada como uma fase de atenção. A Organização Mundial de Meteorologia recomenda que nesses dias sejam evitados os exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 15h, que os ambientes sejam umidificados e que as pessoas se protejam do sol.

Se a umidade baixar de 20%, a situação é considerada de alerta, fase em que a Organização Mundial de Saúde recomenda o uso de soro fisiológico para olhos e narinas, a suspensão de atividades físicas entre 10h e 16h e que aglomerações em lugares fechados sejam evitadas.

A baixa umidade do ar pode causar complicações respiratórias e alérgicas, sangramento pelo nariz, ressecamento da pele, irritação dos olhos, eletricidade estática em pessoas e equipamentos, além de aumentar o risco de incêndios em pastagens e florestas.

Mesmo com o estado de atenção, a procura por atendimentos a problemas respiratórios ainda é pequena. A enfermeira Kellen Rose, da Policlínica do Planalto, crê que a demanda aumente durante o período das queimadas, quando o ar seco se junta à fumaça. Kellen também recomenda que as pessoas não se exponham ao sol nos horários críticos e bebam bastante água para se prevenir da umidade baixa.

Segundo o Centro de Monitoramento de Risco e Desastre “Dr. Domingos Iglesias Valério”, órgão ligado a Defesa Civil, essa situação crítica deverá persistir em todo o Centro-Oeste pelo menos até a próxima segunda-feira.

Os dados do CPTEC indicam que a probabilidade de chuva nos próximos dias é baixa, em torno de 5%. O calor deve persistir até o final de semana, com temperaturas máximas próximas a 35º. A previsão do tempo indica que uma frente fria poderá chegar na segunda-feira, quando a máxima fica em 25º e a mínima chega a 14º.

fonte: Diário de Cuiabá