Dólar comercial cai 0,76% e fecha a R$ 1,567

O dólar comercial fechou em baixa de 0,76% a R$ 1,567 no mercado interbancário de câmbio nesta terça-feira (19). Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar à vista caiu 0,73% para R$ 1,5665. O euro comercial recuou 0,49% a R$ 2,214. O Banco Central realizou um leilão de compra de dólar à tarde, …

19/07/2011 19:45



O dólar comercial fechou em baixa de 0,76% a R$ 1,567 no mercado interbancário de câmbio nesta terça-feira (19). Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar à vista caiu 0,73% para R$ 1,5665. O euro comercial recuou 0,49% a R$ 2,214. O Banco Central realizou um leilão de compra de dólar à tarde, no qual definiu a taxa de corte das propostas em R$ 1,5663.

Apesar do alerta da chanceler da Alemanha, Angela Merkel, de que a crise da dívida na zona do euro não vai terminar com uma solução “espetacular”, incluindo qualquer acordo na cúpula da zona do euro na quinta-feira, os investidores apostaram hoje que tudo caminha para uma saída que evitará uma moratória desordenada na Europa e nos Estados Unidos, disse um operador de uma corretora. Por isso, os dados melhores do que o esperado do setor imobiliário nos Estados Unidos, a boa demanda no leilão de títulos da Espanha – mesmo com o pagamento de uma taxa de retorno (yield) mais alta – e, no Brasil, a perspectiva de uma nova elevação de 0,25 ponto da taxa Selic amanhã, para 12,50% ao ano, induziram a retomada de apostas na valorização do real.

Embora o dólar no câmbio doméstico tenha oscilado em baixa o tempo todo, no exterior a volatilidade marcou a sessão no segmento de moedas. “O vaivém do dólar por lá refletiu o grande volume de operações de day trade, porque os investidores compram e vendem no mesmo dia a fim de apurar eventual lucro rapidamente, já que estão em compasso de espera por alguma solução para a dívida da Grécia e preferem ficar zerados e não carregar riscos”, explicou a fonte consultada.

O dólar turismo subiu 0,18% nesta terça, cotado a R$ 1,68 na venda e R$ 1,527 na compra. O euro turismo teve alta de 0,55% no dia, negociado a R$ 2,37 na venda e R$ 2,207 na compra.

Fonte:Jornaldocomércio